Os Vigaristas

O Papagaio e o Político

74
42
32

Todo dia em que o político passava na rua, o papagaio falava:

— Bom dia filho da puta!

Todo dia que o homem passava o papagaio falava a mesma frase.

Um dia, cansado de ser xingado, perguntou para um morador daquela rua por que sempre que ele passava o papagaio o xingava.

E o morador:

— Desde o dia que você virou político, não cumprimenta mais ninguém da vila!

O homem, pensando nisso, no outro dia, quando ele passava pelo papagaio, ele cumprimentou o papagaio:

— Bom dia!

E o papagaio:

— Aprendeu né seu filho da puta!