Os Vigaristas

O Trabalhador e o Mendigo

63
33
30

Um ajudante de obras descansava a hora do almoço no último andar de um arranha-céu de 40 andares onde estava a trabalhar, quando de repente olhou para baixo do prédio, notou um vulto acenando e pedindo para ele descer.

O pobre ajudante desceu os 40 andares pela escada, pois não tinha elevador. E chegando ao rês do chão, muito cansado, deu de cara com a pessoa que lhe tinha chamado. Era um mendigo e pediu-lhe:

— Uma esmola, por favor, ou um prato de comida.

O ajudante olhou para o pobre homem e pediu para que ele o acompanhasse até ao 40º andar.

Subiram os 40 andares a pé, chegando lá, o ajudante disse ao mendigo:

— Não tenho!