Piadas de Padres

Um nordestino que morava em uma região muito pobre reclamava com um cumpadre do sofrimento que é a seca, a sede e, principalmente, a fome! O compadre, que era meio irresponsável, falou:

— Porque que você não vai para os Estados Unidos bichinho? Lá num tem seca nem fome e todo mundo é rico!

O nordestino perguntou:

— Mas cumu que eu vou prá lá?

E o cumpadre:

— Ora, arrume emprego em um navio que vá para lá!

O nordestino arrumou sua trouxa e se mandou para os Estados Unidos, matando-se de trabalhar em um navio cargueiro.

Chegando em Nova Iorque o nordestino além de fome começou a sofrer com o frio, porque não conseguia arrumar emprego pois não falava uma só palavra em inglês... Ele estava sentado em uma calçada, congelado e faminto, esperando pela morte, quando passou um mexicano e perguntou:

— O que acontece Muchacho? Queres ir para o meu circo?

O nordestino então, com dificuldade de andar foi até o circo, que era aquecido, onde tomou um banho quente, trocou de roupa, fez uma farta refeição e foi dormir para recuperar as forças. Quando acordou foi procurar o mexicano:

— O que posso fazer para recompensá-lo?

O mexicano respondeu:

— Quero que vistas uma pele de leão e entres no picadeiro para lutares com uma jiboia!

O nordestino recuou um passo, mas pensou que se não fosse o mexicano já estaria morto...

Na hora do espetáculo o mexicano anunciou:

— E agora, a sensacional luta do leão africano com a jiboia da amazônia!

O nordestino, vestido de leão, entrou no picadeiro urrando, mas quando viu a imensa cobra entrando do outro lado ajoelhou-se e disse:

— Meu padim padre Cícero, de Juazeiro no Ceará, não deixe essa cobra me matar!

A cobra colocou as mãos na cintura e disse:

— Ó chente bichinho, tu é de lá também?

16
8
8

No confessionário, chega José e confessa:

— Padre, eu pequei. Fui seduzido por uma mulher casada que se diz séria.

— És tu, José?

— Sou, Sr. Padre, sou eu.

— E com quem estivestes tu?

— Padre, eu já disse o meu pecado... Ela que confesse o dela.

— Olha, mais cedo ou mais tarde eu vou saber, assim é melhor que me digas agora!... Foi a Isabel Fonseca?

— Os meus lábios estão selados, disse José.

— A Maria Gomes?

— Por mim, jamais o saberá...

— Ah! A Emengarda?

— Não direi nunca!

— A Rosa do Carmo?

— Padre, não insista!

— Então foi a Catarina da pastelaria, não?

— Padre, isto não faz sentido.

O Padre rói as unhas desesperado e diz-lhe então:

— És um cabeça dura, José, mas no fundo do coração admiro a tua reserva. Vai rezar vinte Pais-Nossos e dez Ave-Marias... Vai com Deus, meu filho...

José sai do confessionário e vai para os bancos da igreja. O seu amigo Maneco desliza para junto dele e sussurra-lhe:

— E então? Conseguiu a lista?

— Consegui. Já tenho cinco nomes de mulheres casadas que dão para todo mundo.

32
27
5

Certo dia um padre de uma pequena cidadezinha vinha andando pela rua quando olhou em cima de uma árvore e viu uma menina de aproximadamente 14 anos, em cima dela, de saia e sem calcinha. O padre imediatamente disse:

— Ô minha filha não faça isso, é muito feio, desça desta árvore tome 10 reais. Vá comprar uma calcinha para você...

A menina então desceu pegou os dez reais e foi, chegando em casa ela disse para a mãe:

— Mãe eu tava em cima da árvore, aí o padre passou e meu deu 10 reais pra eu comprar uma calcinha...

A mãe ouviu aquilo meditou e, como estava na maior dureza, resolveu no outro dia subir na mesma árvore de saia e, também sem calcinha, ficar à espera do padre. E então, como de costume, o padre passou novamente olhou para cima e, vendo a cena, disse:

— Ô minha filha não faça isso, é muito feio, desça desta árvore e tome 1 real. Vá comprar um prestobarba para você...

27
17
10

O padre morreu, chegou no céu e foi logo falando com os santos:

— Bom dia, São João!

Mas ele não respondia.

— Bom dia, Santo Agostinho!

E nada de resposta.

Até que ele foi se queixar com São Pedro:

— Poxa, São Pedro... Os santos são mal-educados assim mesmo? Não respondem quando a gente cumprimenta?

— É que aqui não se fala "Bom dia", seu padre. Aqui nós falamos "Ave".

Então o padre voltou e disse:

— Ave, São João!

E São Pedro respondeu.

— Ave, Santo Antônio!

E Santo Antônio acenou para ele.

Depois de passar por Adão, o padre levou uma baita surra.

Então São Pedro apareceu:

— Ah, esqueci de dizer! O Adão você pode cumprimentar com "Bom dia" mesmo, ok?

11
-9
20

A barriga do padre de Pelotas crescia cada vez mais. Descartada a hipótese de cirrose, os médicos concluíram que seria melhor realizar uma cirurgia exploratória, já que era preciso fazer alguma coisa.

A cirurgia mostrou que era um mero acúmulo de líquidos e gases, e o problema foi sanado. Porém, alguns estudantes de medicina resolveram aprontar e, quando o padre estava acordando da recuperação pós-cirúrgica, colocaram um bebê em seus braços. O padre, espantado, perguntou o que era aquilo e os rapazes disseram que era o que havia saído de sua barriga...

Passado o espanto e tomado de intensa ternura, o padre abraçou a criança e não quis mais se separar dela. Como se tratava do filho de uma mãe solteira que morrera durante o parto, os rapazes se empenharam para que o padre ficasse com a criança. Os anos se passaram e a criança se transformou num homem, que se formou em medicina.

Um dia, o padre já velhinho e sentindo que estava chegando sua hora de partir chamou o rapaz e disse:

— Meu filho! Tenho o maior segredo do mundo pra te contar, mas tenho medo que fique chocado.

O rapaz, que já havia intuído do que se tratava, disse, compreensivo:

— Já sei. Adivinhei há muito tempo. O senhor vai me dizer que é meu pai, né?

— Não, sou tua mãe! Teu pai é o bispo de Passo Fundo!

21
15
6

Para facilitar a confissão das mulheres que pulavam a cerca, o padre da pacata cidadezinha do interior acunhou uma expressão idiomática: "Padre, eu caí no buraco".

Um dia, o velho padre bateu as botas. Logo no primeiro dia de trabalho, o seu sucessor se viu surpreendido com o fato de que várias mulheres fizessem sempre a mesma confissão: "Padre, eu caí no buraco".

No sábado seguinte, durante um jantar que o Prefeito e sua esposa haviam preparado para lhe dar as boas vindas, o padre arriscou:

— Senhor Prefeito, eu acho que o senhor precisa cuidar um pouco mais das ruas da cidade! Muitas mulheres estão vindo reclamar para mim que toda hora estão caindo num buraco!

O Prefeito, que já sabia da história, caiu na gargalhada.

— E o senhor ainda ri? — se irritou o padre — Pois saiba que a sua esposa já caiu três vezes só nesta semana!

25
18
7

O mais mulherengo e cafajeste de todos os homens da paróquia ajoelha-se no confessionário:

— Vim me confessar, seu padre.

— Quais são seus pecados, meu filho?

— Muitos, mas o mais recente é o caso que tive com uma senhora casada desta paróquia.

— Diga-me o nome dessa senhora, meu filho.

— Isso não seria direito, padre.

— Diga-me, não foi a esposa do farmacêutico, aquela loura?

— Não, não!

— Ah, meu filho. Então foi a mulher do promotor.

— Também não.

— Ah, já sei: só pode ter sido a irmã da Dona Julinha!

— Não. Nenhuma dessas, padre.

— Se você não me confessar quem foi, eu não poderei lhe dar a absolvição.

O pecador se zanga e sai bruscamente do confessionário. Na porta da igreja encontra um amigo que lhe pergunta:

— O padre o absolveu?

— Não, mas me deu três dicas sensacionais!

7
-7
14

Em meio a um projeto inter-religioso, criado para que Sacerdotes de cultos diferentes se conheçam e estreitem amizade, um Padre Católico, um Rabino e uma Sacerdotisa Wiccaniana foram pescar em um lago. Já estavam no barco há algumas horas quando a Bruxa disse:

— Desculpem, já volto, preciso ir ao banheiro.

Se aproximou da borda do bote, fez um gesto com as mãos, pronunciou algumas palavras e saiu calmamente andando sobre a superfície do lago, foi à cabana que tinha o banheiro e voltou da mesma forma. O Padre ficou espantadíssimo. O Rabino nem esboçou surpresa. Logo em seguida, o Rabino disse:

— Deixei nosso almoço lá na cabana, vou buscar.

Foi até a borda do bote, murmurou alguma coisa e saiu, tranquilamente andando sobre as águas do lago também. O Padre ficou espantadíssimo e pensou:

— Se esses dois inféis conseguem isso, eu também conseguirei!

Foi à borda do bote, rezou um pai-nosso e deu um passo... imediatamente caindo no lago. Enquanto salvavam o Padre, o rabino cochichou para a bruxa:

— Tallvez fosse melhor termos contado a ele sobre as pedras do lago.

E a bruxa respondeu:

— Que pedras?

53
-4
57

O rapaz foi se confessar:

— Padre, ontem fiquei sozinho em casa com a minha namorada. E o senhor sabe como é... papo vai, papo vem, acabei papando ela!

— Meu filho! Não deveria ter feito sexo antes do casamento... Reze dez Ave-Marias e um Pai-Nosso.

No dia seguinte, o mesmo rapaz volta a se confessar:

— Padre, ontem fiquei sozinho em casa com a empregada. E o senhor sabe como é... papo vai, papo vem, acabei papando ela!

— Mas meu filho! Com a empregada? Reze vinte Ave-Marias e cinco Pais-nossos.

Na semana seguinte, tá lá o sujeito novamente:

— Sabe o que é, seu padre? É que só ficou eu e minha prima lá em casa... papo vai, papo vem, acabei papando ela também!

No outro dia, ao vê-lo, o padre não acredita:

— Meu Deus! Quem foi desta vez?

— Não é ninguém não, seu padre! É que eu estava sozinho lá em casa e resolvi vir bater um papo com o senhor!

16
0
16

Estava o Gaudério em sua estância trabalhando, quando olhou para o relógio e exclamou assustado!

— A las frescas! To mais atrasado que tartaruga em desfile de lebre! O fandango começa daqui a pouco, tche!

Apressadíssimo, o Gaudério correu para a casa e no caminho falou pro guri que trabalhava na fazenda:

— Piá! Encilha ligeiro um animal pra mim que eu to loco de atrasado pro baile!

E o menino nem bem acabou e o Gaudério montou e se mandou correndo para chegar em tempo ao baile. No caminho resolveu pegar um atalho que, diziam, tinha assombração. Mesmo assim ele não quis saber. De repente, no meio do mato, surgiu o diabo, o capeta em pessoa. O Gaudério, mais branco que lenço de padre, tremia todo:

— Coisa ruim! Por favor não me mate, tchê!

— Calma gaúcho — respondeu o tristonho — Pelo contrário, vou te conceder três pedidos. Peça o que quiser.

— Ah, é assim? Pois então, quero ter um rosto de galã de cinema, que minha guaiaca fique cheia de dinheiro, e um órgão sexual igual ao deste animal que estou montando!

— Pode ir pro baile — disse o demo — vou te atender a todos teus desejos.

E o Gaudério chegou no fandango, atiçado. Foi pro banheiro conferir o resultado dos pedidos. Primeiro olhou no espelho e tava com o rosto do Tom Cruise. Depois abriu a guaiaca e era dinheiro que não cabia mais. Finalmente baixou a calça pra conferir o terceiro pedido:

— Piá de merda! O menino me encilhou a égua!

79
52
27

O corintiano nunca tinha ido à missa. Mas, quando o time estava perdendo todos os jogos, quase sendo rebaixado, ele não viu outra alternativa. Um pouco atrasado, ele entra na igreja e ouve o padre falando:

— Vamos abrir a Bíblia, irmãos: Coríntios 1, Versículo 6!

Então o corintiano sai da igreja, revoltado, dizendo:

— Poxa! Assim não dá! O Corinthians tá perdendo até na Bíblia!

23
11
12

O velhinho está nas últimas. O padre está a seu lado para dar-lhe a extrema-unção. Ele lhe diz ao ouvido:

— Antes de morrer, reafirme sua fé em nosso Senhor Jesus Cristo e renegue o Demônio!

Mas o velhinho fica quieto. O padre pergunta:

— Vamos lá... Quando se deixa este mundo, é preciso se preparar e renegar o mal para poder juntar-se ao Senhor o mais rápido possível... Por que você não quer renegar o Demônio?

Então o velhinho, com uma voz trêmula:

— Enquanto eu não souber para onde eu vou, não quero ficar mal com ninguém!

24
20
4

O sacristão avisa que tem uma mulher querendo falar com o padre. Ele vai atender e dá de cara com uma morena muito bonita, corpo escultural e minissaia.

— Me disseram que o senhor está procurando empregada...

— Claro, minha filha... Fale-me de suas qualidades!

— Sei fazer muqueca de peixe, sei fazer arroz e feijão, sei fazer doces...

— Que mais?

— Sei fazer maria-mole, pudim de leite condensado, frango assado e leitão assado, também!

— Só?

— Tem um problema, seu padre… Eu sou estéril.

— Mulher de Deus, por que não disse isso logo? Vai entrando, minha filha…

22
7
15

O novo padre da paróquia estava tão nervoso no seu primeiro sermão, que quase não conseguiu falar. Antes do seu segundo domingo o que fazer para relaxar? O arcebispo lhe sugeriu que na próxima vez, colocasse umas gotas de vodka na água e que depois de uns goles estaria mais tranqüilo.

No domingo seguinte aplicou a sugestão e sentiu-se tão bem, que poderia falar alto até no meio de uma tempestade, de tão feliz e descontraído que se encontrava. Depois de regressar à reitoria da paróquia encontrou uma nota do Arcebispo dizendo-lhe:

Prezado Padre, seguem algumas observações:
Na próxima vez, coloque gotas de vodka na água e não gotas de água na vodka.
Não coloque limão e açúcar na borda do cálice.
O manto da imagem de Nosso Senhor Jesus Cristo não deve ser usado como guardanapo.
Judas traiu Jesus, não o "sacaneou".
Jesus foi crucificado, não enforcado.
A hóstia não é chicletes; portanto evite tentar fazer bolas.
Evite apoiar-se na imagem de Nossa Senhora, muito menos abraçá-la.
A iniciativa de chamar o público para cantar foi louvável, mas fazer trenzinho e correr pela igreja foi demais.
Água benta é para se benzer e não para refrescar a nuca.
Evite abanar-se com a batina quando estiver com calor.
Jesus nasceu em Belém, mas isto não significa que ele seja paraense.
Quem peca é um pecador, não um "filho da puta".
Quem peca vai para o inferno, e não "pra puta que o pariu".

Pelos 45 minutos de missa que acompanhei, notei essas falhas. Espero que tais falhas sejam corrigidas já para o próximo domingo.

Atenciosamente,
O Arcebispo
P.S.: Uma missa leva em torno de uma hora, e não dois tempos de 45 minutos cada. E aquele sujeito sentado no canto do altar, a quem você se referiu como "travecão de vestido", era eu.

58
46
12