Os Vigaristas

Palavra em Japônes

94
52
42

De passagem por Tóquio, mesmo sem saber uma só palavra em japonês, o executivo brasileiro ainda assim conseguiu levar para o hotel uma garota que, por sua vez, só falava japonês.

Na cama, o orgulho do nosso herói cresceu ainda mais, pois a garota não parou de exclamar durante a noite:

— Machigai ana!

No dia seguinte, jogando golfe com um executivo local, quando este acertou um buraco de uma só tacada, o executivo resolveu surpreendê-lo com a expressão que havia aprendido:

— Machigai ana! Machigai ana! — berrou.

Ao que o industrial japonês retrucou, intrigado e em excelente português:

— Buraco errado? Por quê?