Piadas de Papagaios

Um certo dia, João precisou viajar às pressas e entregou seu casal de papagaios(Zezé e Anita) aos cuidados de seu melhor amigo, Oscar. Alguns dias depois, Oscar liga angustiado para João no hotel:

— João, teus papagaios estão ótimos. Apenas gostaria de saber qual é o macho e qual é a fêmea para poder conversar com eles!

João explica a Oscar que este deve pegar os dois papagaios e trancá-los em um quarto escuro. Após cinco minutos, deve abrir a porta de sopetão:

— O papagaio que estiver em baixo é a fêmea. — explica João — Pegue ela e corte suas penas na cabeça, deixe-a careca!

Oscar logo pega os dois papagaios e os tranca na lavanderia. Ao abrir a porta, rapidamente pega o papagaio que estava por baixo do outro e o rapa a cabeça.

Alguns dias depois, ao voltar para casa, Oscar entra pela porta, cumprimenta os papagaios e tira o chapéu, o que deixa à mostra sua careca!

Espantada, Anita, logo fala!

— Meu, te pegaram dando também?

42
15
27

Todo dia em que o político passava na rua, o papagaio falava:

— Bom dia filho da puta!

Todo dia que o homem passava o papagaio falava a mesma frase.

Um dia, cansado de ser xingado, perguntou para um morador daquela rua por que sempre que ele passava o papagaio o xingava.

E o morador:

— Desde o dia que você virou político, não cumprimenta mais ninguém da vila!

O homem, pensando nisso, no outro dia, quando ele passava pelo papagaio, ele cumprimentou o papagaio:

— Bom dia!

E o papagaio:

— Aprendeu né seu filho da puta!

69
38
31

Tinha um papagaio que todos os dias ia ao galinheiro e comia todas as galinhas. O dono das galinhas ficava furioso porque elas não conseguiam botar ovos nem chocá-los e vivia ameaçando o papagaio:

— Um dia eu ainda torço o seu pescoço...

Um belo dia o dono das galinhas pegou o papagaio no puleiro traçando uma das penosas, pegou-o pelo pescoço, torceu-o e jogou-o no meio do quintal. Depois de alguns minutos, com remorso, o dono das galinhas foi até o quintal para ver o papagaio. O papagaio estava caído, de asas abertas, barriga prá cima e vários urubus sobrevoando-o, parecendo estar morto. O cara, então, aproximou-se e perguntou:

— Papagaio, você está vivo?

O papagaio respondeu:

— Sai prá lá pô! Não está vendo que eu estou paquerando as moreninhas ali em cima?

95
62
33