Piadas de Peido

605
443
162

Peido no Ônibus

No ônibus, a velha está com uma imensa vontade de peidar. Ela sabia que não aguentaria segurar por muito mais tempo, então teve uma ideia.

- Vou peidar e rasgar este jornal ao mesmo tempo, pois com o barulho do jornal rasgando ninguém escutará o peido.

A velha então levanta discretamente um lado da bunda, solta o peido e rasga o jornal.

- Vraaaaaappptttt!

Um bêbado que observava tudo então pergunta:

- A senhora vai limpar aqui mesmo?

693
559
134

Gases na Casa da Namorada

Um jovem está prestes a conhecer os pais de sua namorada pela primeira vez. Ele vai até a casa dela para jantar e tudo está indo muito bem até que após a refeição ele sente os gases revirando em sua barriga. Sua namorada e sua mãe saem para lavar pratos e os únicos em torno da mesa são o pai e um velho cão de caça chamado Duque, que está descansando sob a cadeira do jovem. O jovem resolveu testar sua sorte e soltou um pequeno peido, e o pai então gritou:

- Duque!

O jovem estava contente de ver seu plano dando certo em ação e seguiu com um mais forte do que o último.

- Duque! - o pai gritou novamente, com o cão, mas ele sequer se moveu.

O jovem decidiu soltar tudo para fora com uma explosão final. Enquanto ele solta o peido o pai grita:

- Duque! Saia logo daí debaixo, antes que ele cague em cima de você!

272
21
251

A Menina do Bafo e o Fanho

Era uma vez uma menina que tinha um bafo muito grande. E por este motivo sua mãe não a deixava sair na rua nem a lugar algum. Porém, a menina já não aguentava mais ficar em casa e certo dia ao saber de um baile que havia perto de sua casa resolveu pedir a sua para deixa-la ir:

- Mãe, deixa eu ir ao baile?

A mãe responde:

- Não minha filha, você tem um bafo muito grande!

- Por favor, vai, deixa eu ir. Eu prometo ficar de boca fechada.

- Tudo bem, mas você não pode abrir a boca de jeito nenhum.

- Tá bom!

No baile, a menina toda alegre, sozinha, estava dançando quando chega um rapaz fanho e pregunta:

- Vamos dançar?

Ela responde murmurando:

- Humhum.

- Vai, vamos sim?

Ela novamente murmurando:

- Humhum.

O rapaz fala:

- Já sei vovê não sabe dançar?

Ela se esbarra e grita:

- Sei sim.

O fanho ao sentir aquele cheiro insuportável diz:

- Você peidou.

A menina murmurando outra vez:

- Humhum.

Ele insiste:

- Peidou sim!

A menina:

- Humhum.

O fanho insiste mais uma vez:

- Peidou!

A menina já não aguentando ficar sem falar, se esbarrou e gritou:

- Não peidei!

O fanho não aguentou e disse:

- Nossa, agora você cagou!

232
107
125

O Trato Pelo Tapete

Uma loira estonteante, de 20 aninhos, olhos azuis e um corpo perfeito estava andando pela rua quando viu um tapete lindo em uma vitrine.

— Quanto é? — ela perguntou ao vendedor.

— São 500 reais!

— Ai, moço... Eu só tenho 300! Você me vende por 300?

Depois de pensar um pouco, o vendedor disse:

— Se você me der o cu em cima desse tapete, você pode levar até de graça! Mas tem uma condição: não pode peidar!

A loira aceitou, o vendedor trancou a loja e o abaixou as calças.

— Meu Deus! — gritou a loira, abismada com o tamanho do membro do rapaz, que quase batia no joelho.

Mas como já estava tudo combinado, ele subiu em cima da loira e, quando deu a primeira encostadinha ela gemeu, suspirou e... peidou.

Voltou pra casa aos prantos e contou a história para a mãe.

— O quê? — gritou a mãe, assustada — Eu vou lá resolver isso! Vou trazer esse tapete, é uma questão de honra!

Já na loja, a mamãe corajosa agüentou bem por cerca de dez segundos, depois prendeu a respiração, mordeu os lábios e... peidou.

Chegou em casa xingando o desgraçado, indignada e contou o fracasso pra filha. A avó da loira, que ouviu a história, se intrometeu:

— Esse é um problema pra eu resolver! É uma questão de tradição de família! — e correu para a loja.

Depois de uma hora, ela volta com o tapete enrolado no ombro. A mãe e a filha fizeram a maior festa, abraçaram a velha, pularam e perguntaram como ela tinha conseguido se segurar diante daquele fenômeno.

— Mas quem foi que disse que eu consegui — disse a vovó — Eu caguei o tapete inteiro! Só estou trazendo ele pra lavar...

160
-28
188

Assalto do Índio

Em plena luz do dia, na saída de um Shopping Center, um índio alto e forte, armado com um tacape, aborda uma senhora.

— Se não der bolsa pra índio, mulher morre! — ameaçou.

Apavorada, a mulher lhe entrega a bolsa.

— Se não der colar pra índio, mulher morre!

A mulher lhe entrega o colar.

— Se não der relógio pra índio, mulher morre!

A mulher tira o relógio e no auge do desespero deixa escapar um peido.

— Se não der buzininha pra índio, mulher morre!

123
49
74

Parados no Semáforo

Uma mulher atraente está no seu carro à espera do semáforo abrir, quando um homem para o carro ao lado dela na outra faixa, olha para ela e baixa o vidro da janela do carro. Pensando que ele ia dizer-lhe alguma coisa, ela também abre a sua janela. O homem olha para ela e diz:

— A senhora também peidou?

198
157
41

Dois Coroas no Puteiro

Dois coroas, depois de encherem a cara no bar, decidem ir a uma casa de baixo meretrício. A dona do bordel olha bem para os dois e chama a sua gerente:

— Vá aos dois primeiros quartos e coloque uma boneca de inflar em cada cama. Esses dois estão tão velhos e bêbados que não vão notar a diferença. Não vou gastar minhas meninas com esses dois.

A gerente cumpre as ordens e os dois coroas vão para os seus respectivos quartos e "fazem os seus deveres de casa"...

No caminho de volta para casa, um dos coroas diz:

— Acho que a mulher que estava comigo estava morta!

— Morta?... Diz o outro. Porque você acha isso?...

— É que ela não se moveu e não falou nada enquanto eu fazia amor com ela.

— Podia ter sido pior, diz o outro.

— Antes transar com uma mulher morta do que transar com uma bruxa...

— Uma bruxa?. Por que cargas d'água você acha isso?

— Bem, é que eu estava nas preliminares maior delícia, eu tava fazendo tudo que queria, dei uma mordida na bunda dela. Aí ela peidou na minha cara, saiu voando pela janela e ainda por cima levou a minha dentadura!

302
16
286

Cueca Para o Índio

Um homem, ao passear avistou um índio e foi o ver de perto. Chegando lá o homem viu que o índio estava pelado e lhe deu uma cueca de pano. No outro dia voltou para ver se o índio estava de cueca
e ele estava pelado.

Então perguntou ao índio:

— Cadê a cueca que ti dei?

E o índio respondeu:

— Índio forte, cueca fraca, índio peida, cueca rasga!

O homem então lhe deu uma cueca de madeira. No outro dia o homem voltou e o índio novamente estava sem cueca.

Perguntou-lhe:

— Cadê a cueca?

E o índio responde:

— Índio forte, cueca fraca, Índio peida, cueca racha!

O homem, para resolver o problema, lhe dá uma cueca de ferro. No outro dia o homem voltou e o índio estava sem cueca.

Então perguntou-lhe:

— E agora? Cadê a cueca?

E o índio responde:

— Índio fraco, cueca forte, índio peida, o cu explode.

85
69
16

Combustível de Jato

Juca e Chico eram dois mecânicos de avião e trabalhavam no aeroporto do Galeão. Cachaceiros de carteirinha, num fim de tarde sem movimento, Chico disse:

— Tô seco pra tomar umas.

— Eu também — emendou o Juca.

Os dois foram até o vestiário, mas a garrafa no armário estava vazia. Chico sugeriu:

— Que tal a gente experimentar combustível de jato? E o Juca, respondeu:

— Vamos lá, de repente esse troço é bom.

E os dois detonaram. No dia seguinte Chico ficou surpreso, pois estava muito bem e sem ressaca. Nisso o telefone tocou e era o Juca, que perguntou:

— Como você se sente?

— Tô inteirão. A coisa é boa pra cacete. Agora só tomo dela.

— É boa mesmo, mas só uma pergunta: você já peidou hoje?

E o Chico, disse:

— Não, por quê?

— Então se segura, porque eu tô ligando de Cuiabá!

38
27
11

O Doutor Está Cagando

O cara ligou para o escritório de seu amigo de infância e a secretária atendeu:

— Escritório do Dr. Marcelo, bom dia...

— Bom dia, poderia falar com o Dr. Marcelo?

A secretária responde:

— Olha senhor, no momento o Dr. Marcelo está cagando!

O cara fica horrorizado, desliga o telefone e decide avisar ao Marcelo como foi tratado pela secretária:

— Marcelo, hoje de manhã, liguei para o seu escritório e sua secretária me disse que você estava cagando!

— Isso é um absurdo!

— Você é presidente de uma multinacional, trata com pessoas importantíssimas. Sua secretária deveria ter mais educação!

— Ô Flávio, muito obrigado pelo toque, vou falar com ela. Ela é novata, muito esforçada, com o tempo aprende...

Passado algum tempo, o cara liga novamente para o escritório, e novamente a secretária atende:

— Escritório do Dr. Marcelo, bom dia...

— Bom dia, poderia falar com o Dr. Marcelo?

A secretária responde:

— No momento, o Dr. Marcelo está ocupado...

Flávio gostou da resposta, viu que a secretária havia aprendido. Então ele perguntou:

— E ele vai demorar muito?

A secretária respondeu:

— Ah... do jeito que ele passou peidando por aqui, vai levar uns 40 minutos!

196
170
26

Paixão por Feijão

Um homem tinha verdadeira paixão por feijão. Mas era só comer que logo vinham aqueles terríveis gases, o que lhe deixava em situações extremamente embaraçosas. Um dia sua noiva deu-lhe um ultimato: Ou parava com este vício ou cancelava o casamento. Diante deste pedido, fez um sacrifício enorme. Deixou de comer feijão e se casaram.

Passados alguns meses ao voltar para casa, seu carro quebrou bem em frente a um restaurante. Um aroma maravilhoso de feijão lhe atingiu em cheio. Um desejo incontrolável tomou conta de seu ser. Como teria que voltar a pé, imaginou que qualquer efeito negativo passaria antes de chegar em casa. Logo que ligou para a esposa avisando que iria se atrasar, mais que depressa entrou no restaurante e se deliciou com três pratos. Passou o caminho todo peidando feliz da vida. Ao chegar já se sentia um pouco aliviado.

A esposa foi encontrá-lo na porta e bastante excitada lhe disse:

— Querido, o jantar hoje é uma surpresa!

Então lhe colocou uma venda nos olhos e o fez sentar-se à mesa.

Quando a esposa estava prestes a lhe remover a venda, o telefone tocou e antes de atender o fez prometer que não tiraria a venda enquanto não voltasse.

Ele, claro, aproveitou a oportunidade e soltou um senhor peido.

Não foi apenas alto, mas também longo e picotado. Parecia um ovo fritando. Logo em seguida teve vontade de soltar outro. Esse soou como um motor a diesel pegando e cheirou ainda pior! Enxofre puro. As janelas vibraram, a louça na mesa sacudiu!

Ouvido atento à conversa da mulher no telefone, continuou com sua "metralhadora" por mais uns três minutos, até ouví-la se despedir no telefone.

Então a esposa voltou a sala, pedindo desculpas por ter demorado tanto lhe removeu a venda e gritou: "SURPRESAAAA!"

E ele, finalmente, deu de cara com os doze convidados sentados a mesa para comemorar seu aniversário!

74
61
13

Peido da Garota

O cara finalmente conseguiu convencer a garota mais gostosa do bairro a sair com ele. Quando eles entraram no carro, a gata foi colocar o cinto de segurança e deixou escapar um sonoro peido.

— Me desculpe. — disse ela, constrangida — Eu espero que isso fique só entre nós dois...

— Não sei não! — disse o rapaz, abrindo a janela — Se você não se importa, eu prefiro que se espalhe um pouco!

47
28
19

Peido no Elevador

No elevador, ao lado de um casal distinto, um rapaz solta um peido barulhento. O marido, irritado, protesta:

— Mas que falta de respeito! O senhor não tem maneiras?

— É a natureza, meu velho! — responde o rapaz em tom malcriado.

— É a natureza! Essa é boa! Não me diga que não consegue segurar um peido!

— Por quê? O senhor consegue?

— Claro!

O rapaz solta outro ainda mais barulhento.

— Então, segura este!

51
43
8

Ejaculação Precoce

O sujeito vai ao médico desesperado:

— Doutor, tenho um sério problema de ejaculação precoce.

— Não se preocupe, eu tenho um ótimo método para curar isto. O senhor tem alguma arma?

— Tenho um revólver 38... Mas por que a pergunta?

— Eu tenho uma tática que sempre dá certo: Quando estiver fazendo amor com sua esposa e sentir que vai ejacular, o senhor dá dois tiros pra cima. Assim a cabeça desanuvia um pouco e o senhor não ejacula tão precocemente!

O sujeito acha um pouco estranho, mas agradece e resolve tentar, afinal tudo é válido para satisfazer sexualmente a sua esposa.

Um mês depois ele volta ao consultório e o doutor o recepciona:

— E então, a terapia deu certo? — pergunta o doutor.

— Que nada. Foi um desastre!

— Como? O que aconteceu?

— Uma noite eu cheguei em casa e a minha mulher estava cheia de fogo, pelada na cama.

Nós começamos fazendo um 69. Quando eu senti que ia gozar, fiz como o senhor mandou, peguei o revólver e dei dois tiros pra cima.

— E então? — pergunta o médico, curioso.

— Aí minha mulher tomou um susto, mordeu meu pinto, peidou na minha cara e pra completar saiu de dentro do armário um cara gritando:

— Não me mate! Não me mate!

36
28
8

Peido na Relação

O casal vai ao médico e o marido fala:

— Doutor, toda vez que eu estou fazendo amor com minha mulher ela fica peidando o tempo todo. Será que ela tem alguma doença?

Depois de algum tempo examinando-a, o médico conclui:

— A sua mulher está perfeita! Não tem nada não! Deixe-me examinar o senhor, tire a roupa por favor!

O sujeito fica nu e mostra uma jeba enorme, quase tocando o chão.

— Meu amigo, pode se vestir! Por peidar diante de um instrumento desses, a sua mulher pode se considerar uma heroína! Só de olhar eu já estou me cagando todo!

30
10
20

Todos Peidam

Uma mulher bastante gorda, ao passar na catraca de um ônibus, deixa escapar um Megaton de 18 mil watts que faz um enorme estrondo.

Ao vê-la roxa de vergonha, um bêbado tenta consolá-la, falando em voz extremamente alta:

— Minha senhora, não precisa ficar com vergonha só porque peidou. Aqui nesse ônibus todo mundo peida. Eu peido, essa outra senhora que está sentada ao seu lado peida, aquele garoto também peida, aquela velha ali também peida, o cobrador peida, o motorista peida e até a mãe do motorista peida...

Nesse instante o motorista para o ônibus e coloca o bêbado para fora do veículo.

— Porra — reclama ele, sentindo-se injustiçado. — Os outros é que peidam e eu que levo a culpa!

62
40
22

Peido no Ônibus

No ônibus superlotado, alguém solta um megaton de arrasar quarteirão. Cinco minutos depois a fedentina ainda não tinha se evaporado e um homem comenta com o vizinho:

— Porra, mas que falta de educação! Se eu soubesse quem foi, juro que enfiava meu guarda-chuva no cu dele!

E a bichinha que estava sentada logo atrás:

— Não fui eu! Mas assumo a responsabilidade pelo peido!

46
26
20

Doença Rara

Joaquim estava com um problema muito esquisito e resolveu ir ao médico.

— Doutoire! — disse ele, aflito — Eu estou com alguma coisa subindo e descendo da bunda até a garganta.

O médico examinou, examinou e disse:

— Esta é uma doença muito rara... A doença do peido indeciso!

— Peido indeciso, Doutoire? Como é isto, ora pois?

— O problema é que você tem cara de bunda e o peido não sabe se sai por cima ou por baixo!

31
18
13

Matrícula na Academia

Um homem entra para um clube de nudismo muito exclusivo. No seu primeiro dia ele tira as roupas e vai dar uma volta pelo clube. Uma linda loirinha passa por ele, e o cara imediatamente tem uma ereção. A mulher percebe a ereção, aproxima-se, e dirigindo-se a ele diz:

— Você chamou por mim?

O homem responde:

— Como assim?

Ela diz:

— Você deve ser novo no clube... deixe-me explicar, é uma regra aqui, que se você tiver uma ereção, fica implícito que você está chamando por mim!

Sorrindo, ela o leva para o lado da piscina, deita-se em uma toalha, puxa-o para si e deixa-o transar gostosamente com ela. O homem continua a explorar as dependências do Clube. Ele entra na sauna e, ao sentar-se, peida. Em minutos aparece um cara forte, peludo, saindo da nuvem de vapor,dirige-se a ele e diz:

— Você chamou por mim?

Ele responde surpreso:

— Eu não, o que você quer dizer?

— Você deve ser novo aqui — diz o cara peludo — é uma regra do clube que se você peidar, fica implícito que você está chamando por mim...

O cara, fortão, facilmente vira ele de costas, curva-o para a frente e o enraba. O novato cambaleia para o escritório do clube, onde é recebido com um sorriso pela simpática atendente pelada:

— Posso ajuda-lo, senhor?

O cara diz, puto da vida:

— Aqui está minha carteira do clube. Pode ficar com ela. E pode ficar com os R$ 5.000,00 da matrícula.

— Mas, senhor — ela responde — o senhor só esteve aqui por algumas horas. Ainda nem deu para o senhor conhecer todos os nossos atrativos...

O homem responde:

— Olhe aqui, mocinha, tenho 68 anos de idade, tenho apenas uma ereção por mês, mas peido umas 15 vezes por dia.

35
26
9

Carro Perfeito

Uma senhora entra em uma concessionária Mercedes. Ela olha ao redor, acha o carro perfeito e começa a examiná-lo.

Ao inclinar-se para ver se tinha revestimento de couro, deixa escapar um sonoro peido. Muito envergonhada, ela nervosamente dá uma olhada para ver se alguém notou o pequeno incidente, esperando que nenhum vendedor aparecesse naquele momento. Porém, ao virar-se, dá de cara com um vendedor que já estava atrás dela.

— Bom dia, senhora. Como posso ajudá-la hoje?

Muito embaraçada, ela pergunta:

— Por favor, qual é o preço deste adorável veículo?

O vendedor responde:

— A senhora perdoe-me a sinceridade, mas se a senhora peidou somente ao vê-lo, vai se cagar toda quando souber o preço.

47
42
5

Balão na Privada

O pirralho estava brincando pelo apartamento com um destes balõezinhos de festa de aniversário. Chutava pra cá, chutava pra lá, até que o balão acabou entrando no banheiro e foi cair justamente dentro da privada. Ele chegou, espiou a bola molhada, ficou com nojo e deixou a danada ali mesmo.

Tempo depois o seu pai entra para se "desocupar" e nem notou a bola. Ficou ali, lendo, enquanto fazia o serviço. Ao terminar, olhou horrorizado para o vaso sanitário. Suas fezes haviam coberto o balão e a impressão que se tinha era de um imenso, um absurdo, um gigantesco bolo fecal! Sem acreditar naquilo, ligou dali mesmo, pelo celular, para o seu amigo que era médico:

— Geraldo, eu enchi a privada de bosta. Nunca vi tanta assim na minha vida! Tá quase passando do limite do vaso! Acho que eu devo estar com um algum problema sério!

— Que isso, Anselmo, cê tá exagerando!

— Que exagerando, o quê, meu! Eu tô olhando pra esse "merdel" todo agora! É um absurdo! Eu devo estar doente!

— Bom, eu já tava indo pra casa; aproveito e passo aí que é caminho!

O médico chega e vai direto ao encontro do amigo, que estava na porta do banheiro esperando.

— Olá, Anselmo, cadê o negócio que vô... Nossa mãe do céu! Que é isso? O que você comeu, criatura?

— Não falei? Agora tá acreditando, né?

— Nossa! Isso é inacreditável!

— E então, será que eu tenho algum problema sério?

— Olha, o melhor é eu pegar uma amostra desse cocozão e mandar para análise!

O médico saca uma pequena espátula e um frasco esterilizado de sua maleta e quando espeta o "bolo" para coletar uma amostra do material... e BUMMM! A bexiga estoura e vôa merda pra tudo que é lado!

Seguem-se instantes de absoluto silêncio. Os dois, embosteados, se olham e, estupefato, o médico berra:

— Puta que pariu! Eu achava que já tinha visto de tudo nesta vida, mas peido com casca, nunca!

39
21
18

Fazendo 69

O Manuel, em visita ao Brasil, ouviu falar de um tal de 69 que os casais faziam e ficou curioso, pois disseram que era bom, coisa e tal. Como não tinha namorada, arranjou uma puta e levou pro hotel, e foi logo pedindo:

— Eu gostaria de fazer o tal de sessenta e nove. Topaste?

A mundana topou e lá estavam os dois na posição, quando, de repente (e sem querer) a puta solta um belo peido bem na cara do Manuel. O coitado achou estranho, não gostou muito, mas também não reclamou e continuaram.

De repente, vem outro peido na cara do português, que já estava meio ressabiado; mas como tudo era novidade, continuou na posição do 69. Alguns instantes depois lá vem outro peido na cara do Gajo; que muito bravo, levanta de sopetão e diz:

— Oh raios ! Pode parar, que não vou agüentar os outros 66...

39
23
16

Passeio de Charrete

Estavam a passear numa charrete a Rainha da Inglaterra e um famoso Conde português. De repente, um dos cavalos soltou um estrondoso peido e a Rainha, muito constrangida, apressou-se em se desculpar:

— Perdoe-me, senhor Conde! Mas assim é a natureza!

O Conde logo respondeu:

— Ora, não precisa ficar envergonhada! Eu até pensei que tivesse sido um dos cavalos!