Piadas de Pescador

Um homem telefona para sua esposa do escritório:

- Querida, apareceu a oportunidade de eu ir pescar durante uma semana. É a oportunidade de uma vida, mas eu tenho que sair imediatamente. Arrume minhas roupas, meu equipamento de pesca, e especialmente o meu pijama azul de seda. Estarei em casa em breve para buscá-las.

Ele correu para casa para pegar suas coisas, abraçou sua esposa, pediu desculpas por lhe dar tão pouco tempo e foi.

Quando ele voltou uma semana depois, a esposa perguntou:

- Bem, querido, teve uma boa viagem de pesca?

- Com toda certeza, - respondeu ele. - A pesca foi ótima, mas você esqueceu de colocar na mala o meu pijama de seda azul.

- Não, querido, eu não esqueci, - a esposa respondeu com um sorriso malicioso. - Eu coloquei ele dentro da sua caixa de pesca!

413
230
183

Um dia o mineiro resolveu pescar sozinho porque já estava cheio de tanta gente em volta dele. Vara na mão, lata de minhoca e lá vai ele pro rio, bem cedinho. No caminho ele encontra um caboclinho que começa a acompanhá-lo.

E o mineiro já pensando: "Ô saco, será que esse caboclinho vai ficar grudado ni mim?".

Chegaram no rio e o caboclinho do lado sem falar nada.

O mineiro se arruma todo, começa a pescar e também não fala nada.

Passam 3 horas e o caboclinho acocorado olhando sem dar um pio.

Passam 6 horas e o caboclinho só zoiando ...

Já no finalzinho do dia o mineiro ficou com pena e oferecendo a vara pro caboclinho disse:

— O mininim, qué pesca um cadim?

E o caboclinho responde:

— Deus me livre moço, tem paciênça não, sô!

61
34
27

Eram dois irmãos gêmeos, e também pescadores. Um, casado e o outro, solteiro.

Um dia, a mulher do primeiro morreu e, como desgraça nunca vem sozinha, a velha canoa do irmão solteiro afundou no mesmo dia.

Uma senhora, sabendo do ocorrido com o jovem viúvo, resolveu dar os pêsames. Sem saber que os irmãos eram gêmeos idênticos, ela se aproximou do solteiro, que havia perdido o barco, e disse:

— Soube agora pouco! Que perda! Deve estar sendo terrível para você.

E o pescador respondeu:

— Pois é! Estou arrasado. Mas é preciso enfrentar esse momento difícil... Sabe: ela já estava mais pra lá do que pra cá, seu traseiro estava todo arrebentado, fedia muito... Aquele cheirão de peixe podre... Além do mais, ela andava juntando água por causa de uma fenda enorme que tinha na frente, além do buracão atrás... Toda vez que eu a usava, o buraco ficava maior... Acho que foi por isso que, quando a aluguei para quatro rapazes se divertirem, ela não agüentou!

68
47
21

Quatro sujeitos estão pescando. De repente um deles diz:

— Vocês não imaginam o que tive que fazer para vir pescar! Tive que prometer a minha mulher que eu iria pintar a casa no fim-de-semana.

— Isso não é nada — diz o segundo — eu tive que prometer à minha mulher que consertaria a escada.

— E eu, então! — diz o terceiro — Prometi a minha mulher que compraria uma cozinha nova.

O quarto não diz nada. Os outros então perguntam como é que ele teve alvará para a pesca. Ele responde:

— Eu pus o despertador às 5 e meia. Quando ele tocou, eu acordei minha mulher e disse: "pesca ou trepada?". Ela só falou prá não esquecer de levar um pulôver.

48
5
43

Sábado, como de hábito, o cara levantou cedo, colocou os agasalhos silenciosamente, tomou o café e até deu um passeio com o cachorro. Em seguida, foi até a garagem e engatou o barco de pesca no 4x4. De repente, começou a chover torrencialmente. Havia até pedra-de-gelo misturada com a chuva, ventos a mais de 80 km/h. Ligou o rádio e ouviu que o tempo seria chuvoso durante todo aquele dia. Voltou imediatamente pra casa, silenciosamente tirou a roupa e deslizou rapidamente para debaixo dos cobertores. Afagou as costas da mulher suavemente e sussurrou:

— O tempo lá fora está terrível.

Ela, ainda meio adormecida, respondeu:

— Você acredita que o idiota do meu marido foi pescar com esse tempo?

43
31
12

Dois amigos, um caçador e outro pescador, foram passar as férias no sítio. Chegando lá, o caçador adentrou a mata e o pescador se sentou na beira do rio com a sua varinha a fixou numa forquilha e na maior paciência, tirou um cochilo.

Tempo depois, nosso primeiro amigo caça um enorme tatu e contente, volta para mostrar para o amigo. Chegando na beira do rio, quando o vê dormindo com sua varinha na mesma posição, tem uma idéia: "Vou enroscar este tatu no anzol e pregar uma peça neste pescador mentiroso!" E assim fez. O pescador então acorda assustado, retira o tatu do rio.

O caçador então, contendo o riso, lhe pergunta:

— Nossa, compadre, cê pescou um tatu?

— Pois é, e este aqui é o segundo hoje!

40
15
25

O marido reclama para a mulher:

— Sandra! Por que você não me faz mais aquelas loucuras sexuais que você fazia antes do casamento? Aquelas posições loucas, aquelas coisas inacreditáveis...

E ela se defende:

— Você já ouviu falar de algum pescador que continue a dar isca para o peixe depois de ter conseguido pescá-lo?

39
26
13

Dois pescadores conversando:

— Lá de onde eu vim tem um rio que tem tanto peixe... Mas tanto peixe... Que nóis nem usa anzol!

— Num usa anzol? — perguntou o outro.

— É, nóis mata o peixe é na marretada!

— Vixe!

— Mas o difícil é acertar um peixe!

— É, eu imagino...

— Nóis acerta logo uns 3 ou 4 de uma vez!

18
-9
27

Um garotão inteligente, vindo da roça, candidatou-se a um emprego numa grande loja de departamentos da cidade. Na verdade, era a maior loja de departamentos do mundo, tudo podia ser comprado ali.

O gerente perguntou ao rapaz:

— Você já trabalhou alguma vez?

— Sim, eu fazia negócios na roça.

O gerente gostou do jeitão simples do moço e disse: Pode começar amanhã, no fim da tarde venho ver como se saiu.

O dia foi longo e árduo para o rapaz. Às 17h30 o gerente se acercou do novo empregado para verificar sua produtividade e perguntou:

— Quantas vendas você fez hoje?

— Uma!

— Só uma? A maioria dos meus vendedores faz de 30 a 40 vendas por dia.

— De quanto foi a sua venda?

— Dois milhões e meio de reais.

— Como conseguiu isso?

— Bem, o cliente entrou na loja e eu lhe vendi um anzol pequeno, depois um anzol médio e finalmente um anzol bem grande. Depois vendi uma linha fina de pescar, uma de resistência média e uma bem grossa. Para pescaria pesada, sabe. Perguntei onde ele ia pescar e ele me disse que ia fazer pesca oceânica. Eu sugeri que talvez fosse precisar de um barco, então o acompanhei até a seção de náutica e lhe vendi uma lancha importada, de primeira linha. Aí eu disse a ele que talvez um carro pequeno não fosse capaz de puxar a lancha e o levei à seção de carros e lhe vendi uma caminhonete com tração nas quatro rodas.

Perplexo, o gerente perguntou:

— Você vendeu tudo isso a um cliente que veio aqui para comprar um pequeno anzol?

— Não senhor. Ele entrou aqui para comprar um pacote de absorventes para a mulher, e eu disse: "Já que o seu fim de semana está perdido, por que o senhor não vai pescar?"

88
61
27

Mulher deitada, lendo um livro, no barco de pesca do marido. Aproxima-se um barco da fiscalização de pesca, e o fiscal pergunta o que ela esta fazendo ali.

— Lendo um livro — responde ela.

O fiscal a informa que ela esta numa área proibida para pesca.

A mulher protesta:

— Eu não estou pescando!

E ele responde:

— Mas a senhora possui todo o equipamento. Eu terei que apreende-lo e multá-la.

A mulher muito brava revida:

— Se o senhor fizer isso, irei processa-lo por estupro.

Chocado com a afirmacão da senhora ele responde:

— Mas eu nem sequer a toquei.

E a mulher:

— Mas o senhor possui todo o equipamento!

54
48
6

Dois pescadores estavam pescando no mar, um japonês e o outro brasileiro. O japonês pegava um peixe atrás do outro e o brasileiro nada. O brasileiro chega para o japonês e diz:

— Estamos usando o mesmo tipo de vara e o mesmo tipo de isca e eu não pego nada. Como você faz?

— Antes da pescaria tem que passar a mão na bunda de uma mulher, aí pesca-se bastante. Disse o japonês.

No dia seguinte o brasileiro vai pescar e passa a mão na bunda da sua mulher e ela responde:

— Já vai pescar japonês?

27
17
10