Piadas de Polícia

A garota tinha ido a um aniversário e voltou em casa às seis da manhã. Tirou os sapatos para não fazer barulho, mas deu de cara com a mãe, que a esperava preocupada.

— Minha filha! — a mãe gritou e abraçou a garota, desesperada — Onde você esteve? Já liguei para todo o mundo, teus amigos e colegas, e estava quase ligando para a polícia! Por que você demorou tanto?

— Ai, mãe, você nem vai acreditar, mas eu estava saindo da festa, quando apareceu um homem lindo, elegante, todo perfumado que sacou uma arma e disse:

— Ou dá ou morre!

— Meu Deus do céu! — exclamou a mãe enquanto se benzia — E o que você fez, minha filha?

— É claro que eu morri!

17
7
10

Um sujeito está voltando para casa, dirigindo acima da velocidade permitida. Olhando pelo retrovisor, ele vê um carro de polícia buzinando, com um guarda fazendo gestos obrigando-o a parar.

Ele pensa: "corro mais do que ele", e pisa fundo no acelerador. O carro dá uma arrancada e a polícia segue-o numa corrida desenfreada — 100, 120, 140, 160 km/h. Quando o velocímetro chega a 180 e a polícia continua atrás dele, o sujeito desiste e encosta.

O guarda chega na janela e diz:

— Olha, eu tive um dia cansativo hoje e só quero ir para casa. Me dê uma boa desculpa e eu o deixo ir.

O sujeito pensa por um momento e diz:

— Há três semanas minha mulher fugiu com um guarda. Quando eu vi seu carro no meu retrovisor, eu pensei que fosse o senhor e que estivesse tentando devolvê-la!

31
26
5

Dois amigos estavam fumando maconha e foram pegos pela polícia. No dia do julgamento o juiz, que estava de bom-humor, disse:

— Vocês parecem ser boas pessoas, por isso lhes darei uma segunda chance!

— Ao invés de irem pra cadeia, vocês terão que mostrar para as pessoas os terríveis males das drogas e convencê-las a largá-las!

— Compareçam ao tribunal daqui uma semana, pois eu quero saber quantas pessoas vocês convenceram!

Na semana seguinte os dois voltaram e o juiz perguntou para o primeiro homem:

— Como foi sua semana, rapaz?

— Bem, meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir drogas para sempre!

— 17 pessoas? — disse o juiz, satisfeito — Que maravilha. O que você disse para elas?

— Eu usei um diagrama, meritíssimo. Desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Aí apontei pro círculo maior e disse: "Este é o seu cérebro em tamanho normal... — e apontando pro menor — E este é o seu cérebro depois das drogas!"

— Muito bem! — aplaudiu o juiz, virando-se para o outro sujeito — E você? Como foi sua semana?

— Eu convenci 234 pessoas, meritíssimo!

— 234 pessoas? — exclamou o juiz, pulando da cadeira — Incrível! Como você conseguiu isso?

— Utilizei um método parecido com o do meu colega. Também desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Mas eu apontei para o círculo menor e disse: "Este é seu cu antes da prisão..."

165
152
13

O sujeito foi fazer exame de próstata e levou uma arma consigo.

Quando ele olhou pro médico, um negão de dois metros e dez de altura e viu a grossura descomunal dos seus dedos, sacou a arma.

— Meu senhor! O que é isso? — exclamou o médico, assustado — Guarde essa arma!

— Calma, Doutor... Eu só vou deixar a arma aqui na mesa enquanto o senhor faz o exame.

— Mas por que você trouxe uma arma pro exame? Você é policial? Segurança?

— Não, doutor... Eu só queria pedir uma coisa pro senhor...

— O que é? — perguntou o médico, preocupado.

— Se eu tiver qualquer demonstração de alegria o senhor me dá um tiro?

23
19
4

O guarda vê um homem estacionando seu carro em local proibido e diz:

— Tire o carro e pare em outro lugar. Não está vendo a placa de "Proibido Estacionar"?

— Estou...

— E então?

— Então... Vá tomar banho!

O guarda algema o indivíduo no ato, e o leva até a delegacia:

— Olha que engraçadinho, delegado. Mandei tirar o carro de um local proibido e ele me mandou tomar banho!

— Ah, é ? — diz o delegado com ironia — E eu? Pra onde você vai mandar?

— Eu vou mandar tomar no cu! — diz o cara.

O delegado fica furioso, dá um bofete no cara e fala:

— Leva para os fundos e põe o vagabundo no pau-de-arara!

O policial leva o homem até uma salinha e o pendura de ponta-cabeça, quando a carteira do cara cai do bolso aberta no chão: "General do Exército Brasileiro".

Correndo, o guarda volta à sala do delegado e diz:

— Delegado. O homem é general!

— General? Ai, ai, ai... E agora? O que nós vamos fazer?

— Bom... Eu vou tomar o meu banho...

48
43
5

O homem compareceu ao plantão de polícia dizendo que queria confessar um crime. Com sono, o delegado vem até a sala de interrogatório e pergunta:

— O que você fez?

E o cara:

— Matei minha sogra!

— Bom, meu rapaz, você devia estar muito transtornado quando cometeu esse crime, não se importe, vá pra casa e descanse. Amanhã a gente resolve isso. Está tudo bem.

— Mas doutor eu enterrei a velha!

— Ah me filho, viu que boa alma você é? Enterrou a sua sogra e assim já evitou toda aquela burocracia.

— Doutor! Mas quando eu estava enterrando ela gritava que ainda estava viva!

— Ô meu filho e você não sabe que toda a sogra é mentirosa e teimosa?

122
102
20

A família inteira estava no carro voltando do feriadão na praia. Quase chegando em casa, um policial rodoviário manda o carro parar:

— Por favor, os documentos, do senhor e do veículo. Sabia que estava a cento e quarenta por hora e que a velocidade permitida aqui é apenas noventa?

— Não seu guarda, eu estava a noventa, tenho certeza disto.

A sogra, sentada no banco de trás entre as crianças, começa a participar da conversa:

— Ah, Paulo Ricardo, que é isso! Você estava a 140 ou mais!

O cara olha para a sogra vermelho de raiva. O policial continua:

— E sua lanterna direita não está funcionando...

— Minha lanterna? Nem sabia disso. Acho que queimou durante a viajem.

E a sogra corrige:

— Ah, Paulo Ricardo, que mentira! Faz quase um mês que você está falando que precisa trocar a lâmpada da lanterna!

O cara fica quase louco e faz sinal à sogra para ficar quieta. O policial:

— E o senhor está sem o cinto de segurança.

— Mas, seu guarda, eu estava com ele. Eu só tirei para pegar os documentos!

— Ah, Paulo Ricardo, mentindo de novo? Você nunca usa o cinto!

O cara explode e grita com a velha:

— Cacete! Dá pra calar a boca?

O policial chega perto da janela da sogra e pergunta:

— Esse sujeito sempre grita assim com a senhora?

E a sogra que colabora responde:

— Não, não senhor, seu guarda. Só quando bebe!

103
90
13

Um advogado foi surpreendido por uma blitz em alta velocidade. O guarda chegou para ele e disse:

— Por favor, posso ver sua habilitação.

— Não tenho, ela foi caçada na última blitz por eu ter estourado os pontos permitidos.

— Você não tem habilitação? Então me deixe ver o documento de propriedade do veículo.

— Não o tenho, porque o carro é roubado.

— Como é? O carro é roubado?

— Aliás, pensando melhor, quando foi guardar a arma no porta-luvas, lembro-me de ter visto uma pasta que acredito ser os documentos do carro sim.

— Você tem uma arma em seu porta-luvas?

— Claro meu amigo. Tive que matar a dona do carro e jogar seu corpo no porta-malas, afinal, se não houvesse violência seria um furto e não um roubo.

O guarda desesperado disse ao advogado:

— Aguarde um minuto por favor.

Nisto chamou o Capitão pelo rádio, relatando todos os detalhes. O Capitão enviou vários policiais em reforço ao local, os quais ao chegarem cercaram o carro e com suas armas em punho, exigiram que ele descesse do carro.

Nisto, chega o Capitão ao advogado e diz:

— Posso ver sua habilitação?

— Claro, aqui está, diz o advogado, entregando-a ao Capitão.

— O veículo é seu?

— Sim Senhor. Aqui estão os documentos.

— Por gentileza, abra seu porta-luvas bem lentamente.

O advogado todo solícito, abriu o porta-luvas que estava vazio.

O capitão então pediu que ele abrisse o porta-malas do veículo, no que também foi prontamente atendido, onde se averiguou, também estar vazio.

Então o Capitão indignado disse ao advogado:

— Eu não entendo, o guarda que o abordou chegou para mim e disse que o Senhor não tinha habilitação, que o carro era roubado, que o Senhor estava armado e que havia um corpo no seu porta-malas...

No que diz o advogado com cara de espanto:

— Olha que mentiroso, aposto que disse também que estava trafegando em excesso de velocidade.

77
54
23

Um cara foi à uma despedida de solteiro e voltava para casa de madrugada, completamente bêbado.

Ainda na estrada, quase chegando na cidade, uma viatura da Polícia Rodoviária para o carro dele.

Os policiais pedem para ele descer do carro para fazer o teste do bafômetro.

Nessa hora, um caminhão capota do outro lado da via. Os policiais correm para o local, e o homem aproveita e se manda para casa.

No dia seguinte ele acorda com a mulher perguntando:

— Ô Luiz! O que está fazendo aquele carro da Polícia Rodoviária na nossa garagem?

31
20
11

Um brasileiro recém-chegado a Lisboa apresenta-se para responder a um anúncio de emprego. A certa altura da entrevista, o entrevistador comenta:

— Para esse cargo é imprescindível uma pessoa bastante responsável!

— Então o senhor está diante da pessoa certa — diz o brasileiro.

— E quem poderia me dar referências suas?

— A Polícia Federal!

— A Polícia Federal? — espanta-se o entrevistador. — Como assim?

— No desfalque do Banco que eu trabalhava eles disseram que eu era o responsável!

7
4
3

Uma loira ligou para a polícia para avisar que ladrões tinham entrado em seu carro:

— Eles levaram o painel do carro, o volante, o pedal do freio, do acelerador e até a alavanca do câmbio! — reclamou ela, irada.

Antes que a viatura saísse para atender o chamado, o telefone tocou de novo e a mesma loira explicou:

— Desculpa aí... sou eu de novo! É que sem querer eu entrei pela porta errada e sentei no banco de trás... dá para retirar a queixa?

60
35
25

O bêbado está levando a maior dura do delegado:

— Quer dizer que o senhor estava envolvido na briga desses pilantras?

— Quem? Eu? De... hic... jeito nenhum, dotô delegado. Eu sou da... hic... paz!

— Então porque os policiais trouxeram o senhor pra cá?

— Eles trouxeram... hic... não... fui eu que quis vir...

— Não entendi!

— Tava a maior... hic... briga no bar! Aí encostou o camburão... hic... e um polícia gritou... hic... "É cana pra todo mundo!". Aí eu falei: "Tô dentro!".

33
27
6

Um advogado estacionou seu BMW novo em folha na frente de seu escritório, pronto para mostrá-lo aos seus colegas. Logo que ele abriu a porta para sair, um caminhão passou raspando e arrancou completamente a porta. O advogado atordoado usou imediatamente o seu telefone celular, discou 190 e dentro de minutos um policial chegou. Antes que o policial tivesse uma oportunidade o advogado começou a gritar histericamente que o BMW, que ele tinha comprado no dia anterior, estava agora totalmente arruinado e nunca mais seria o mesmo. Por conta disso, iria processar o motorista, Deus e o mundo, fazer e acontecer. Afinal era doutor, etc…

Quando o advogado finalmente se acalmou, o policial agitou sua cabeça em desgosto e descrença e disse:

— Eu não posso acreditar no quão materialistas vocês advogados são. E disse mais:

— Vocês são tão focados em suas posses que não notam mais nada.

— Como você pode dizer tal coisa? O senhor tem noção do valor de um BMW? — pergunta o advogado.

O policial respondeu:

— O senhor não percebeu que perdeu seu braço esquerdo? Está faltando do cotovelo pra baixo. Ele deve ter sido arrancado quando o caminhão bateu no senhor.

— Puta que pariu! Cadê meu Rolex?

48
38
10

Era uma cidadezinha pequena, bem na fronteira do Brasil e Argentina. A Igreja fica cheia para a missa das 10: argentinos, brasileiros, o prefeito, etc...

Começa o sermão:

— Irmãos, estamos hoje aqui reunidos para falar dos Fariseus, aquele povo desgraçado como esses argentinos que estão aqui...

— Ohhhhhhh!

O maior tumulto tomou conta da igreja. Os argentinos saíram xingando o padre. Houve briga na porta da igreja. O prefeito levou a mão à cabeça, indignado.

Acabada a confusão, o prefeito foi falar com o padre na sacristia:

— Padre, pega leve, os argentinos vêm para este lado, gastam nas lojas, nos restaurantes, trazem divisas para a cidade. Não faça mais isto.

Durante a semana a conversa entre todos era a mesma: O padre e o sermão do domingo. Aquele zum-zum-zum todo foi fazendo as pessoas ficarem curiosas e querendo saber o que mais tinha acontecido.

Finalmente, chega o domingo seguinte. O prefeito chega na sacristia e comenta com o padre:

— Padre, o senhor lembra do que conversamos antes, não? Por favor, não arrume nenhuma encrenca hoje, certo?

Começa o sermão:

— Irmãos, estamos aqui reunidos hoje para falar de uma pessoa da Bíblia: Maria Madalena. Aquela mulher, a prostituta que tentou Jesus, como essas argentinas que estão aqui. . .

Não deu outra: Pancadaria na igreja, quebraram velas nos corredores, tapas, socos e algumas internações no pronto-socorro da cidade. O prefeito novamente foi ao encontro do padre:

— Padre, o senhor não me disse que iria pegar leve? Padre, se o senhor não amansar, vou escrever uma carta à Congregação e pedir a sua retirada imediata.

Naquela semana, o tumulto era maior ainda. As conversas eram maiores ainda e ninguém perderia a missa do próximo domingo, nem por decreto. Na manhã do domingo, o prefeito entra na sacristia com a polícia e a espalha pela igreja:

— Padre, pega leve desta vez, senão te levo em cana!

A igreja estava abarrotada. Quase não se conseguia respirar de tanta gente. E o padre inicia:

— Irmãos, estamos aqui reunidos hoje para falar do momento mais importante da vida de Cristo: A Santa Ceia.

O prefeito então respirou aliviado. E o padre começa o sermão em seguida:

— Jesus, naquele momento disse aos apóstolos: "— Esta noite, um de vós irá me trair. Então João perguntou: — Mestre, sou eu? E Jesus respondeu: — Não, João, não é você. E Pedro perguntou: — Mestre, sou eu? E Cristo respondeu: — Não, Pedro, não é você. Então, Judas perguntou: — Mestre, acaso soy yo?..."

116
95
21