Piadas de Polícia

Para acabar com discussões sobre qual é a melhor polícia do mundo foi realizada uma competição com o FBI, a Scotland Yard e uma seleção das PMs do Rio de Janeiro e São Paulo.

O teste era o seguinte: os organizadores soltariam um coelho na floresta e a polícia que achasse o bicho mais rapidamente ganhava.

O FBI foi o primeiro. Usando fotos de satélite, análise de DNA dos pêlos encontrados, helicópteros etc o coelho foi encontrado em 3 horas e 14 minutos.

Então foi a vez da Scotland Yard. Usando analistas de comportamento, psicólogos, estudiosos da espécie dos coelhos e cenouras com sonífero, eles capturaram o coelho em 1 hora e 30 minutos. O FBI ficou arrasado.

Então, finalmente, foi a vez da nossa PM. Com uma Veraneio 74, com o porta-malas amarrado por uma corda (o fecho da tampa caiu em 1982) 5 homens com o corpo pra fora do carro, batendo nas portas em alta velocidade, eles adentraram à floresta.

Voltaram em 23 minutos, deixando todos muito impressionados. Então eles abriram o porta-malas do camburão (desamarrando a corda) e lá dentro estava um gambá, todo encolhido, cheio de hematomas, gritando:

— Eu sou um coelho! Eu sou um coelho! Eu juro que sou um coelho!

66
46
20

Na estrada, um motorista estava andando a 150 km/h, até que foi parado por um guarda de trânsito. Muito constrangido, ele quis se justificar:

— Seu guarda, eu trabalho em um circo logo ali e estou atrasado para uma apresentação!

— Ah, é? O senhor é palhaço ou está achando que sou eu que sou?

— Não é nada disso, seu guarda... Eu sou malabarista — disse ele, apontando para uns bastões que estavam no banco traseiro.

— Ah é? — duvidou o policial — Então faz uma demonstração aí pra mim!

Mais do que depressa o sujeito pegou os bastões e começou a dar um show. Primeiro com três bastões, depois quatro, cinco, até sete de uma vez. Ele passava os bastões por baixo das pernas, jogava de costas, deitava no chão, enfim, dava um show particular para o policial, que já estava até pensando em cancelar a multa.

Enquanto isso, um outro policial parou o carro de um bêbado, que saiu do carro cambaleando, viu o malabarista com os bastões e disse:

— Meu Deus, eu preciso parar de beber! Esse tal teste do bafômetro está ficando cada vez mais complicado...

52
36
16

O policial estava fazendo sua ronda, quando vê um sujeito tentando abrir a porta de casa, sem sucesso.

— O senhor mora aqui? — o policial pergunta.

— Claro! — o sujeito responde, totalmente bêbado — Mas não consigo abrir a porta, esta porra de chave está quebrada!

— Mas isso não é uma chave! — o policial exclama — Isso aí é um supositório!

— Ihhh! — o bêbado se espanta — Onde será que eu enfiei a chave?

27
2
25

Ao chegar no hospício, o diretor se depara com o prédio cercado de policiais.

— O que está acontecendo aqui? — pergunta a um Tenente.

— É que um dos loucos fugiu!

— Qual deles?

— Um que dizia que era um papel-carbono!

— E por que tantos soldados para pegar um louco?!

— É que nós já prendemos três cópias, mas ainda estamos na pista do original!

55
11
44

A professora da primeira série levou sua turma para a delegacia, para que eles soubessem um pouco do trabalho dos policiais.

Joãozinho viu cartazes com a foto dos bandidos mais procurados. Ficou olhando por alguns segundos até que apontou para um deles e perguntou:

— Esse bandido é perigoso?

— É sim! — respondeu o policial — Os investigadores estão procurando por ele a mais de oito meses!

— Como vocês são burros! — disse o garoto.

— Er, desculpe — disse o oficial, embaraçado — O que você disse, rapaz?

— Que vocês são burros... Poxa... Por que não prenderam o ladrão quando tiraram essa foto dele?

146
116
30

Um brasileiro e um americano conversam.

— No meu país — começa o americano — existe uma máquina tão perfeita que, introduzindo farinha de trigo e água de um lado, saem pães quentinhos do outro, em poucos segundos!

O brasileiro, querendo contar vantagem, disse:

— Isso não é nada! No meu país foi inventada uma máquina de fabricar bebida que é incrível: você coloca a cana de um lado e, do outro, sai um bêbado, seguro por dois policiais!

31
-33
64

Um caminhoneiro está dirigindo pela estrada morrendo de vontade de afogar o ganso. Ao passar por uma plantação de abóboras, ele pensa consigo mesmo:

— Uma abóbora é macia, é úmida por dentro... Hummmmm...

Sem ver ninguém por perto ele pára o caminhão, escolhe a abóbora mais bonita, corta um buraco no tamanho apropriado e começa a fazer amor com ela.

Depois de algum tempo ele fica tão empolgado com a transa, que nem percebe a chegada de uma viatura da polícia.

— Desculpe-me, senhor! — interrompe o policial — Mas por acaso o senhor está transando com uma abóbora?

O caminhoneiro olha assustado para o policial e diz:

— Uma abóbora? Putz, já é meia-noite!

26
23
3

O Polícia Rodoviária pára o motorista na estrada:

— Meu chapa, você vai ser multado por excesso de velocidade!

— Eu? Mas eu estava tão devagar!

— O radar está dizendo outra coisa!

— Ah é? — se irrita o motorista — E o que é que ele está dizendo?

— Que você estava a 150 reais por hora... mas eu deixo por cinquenta!

15
-13
28

A garota tinha ido a um aniversário e voltou em casa às seis da manhã. Tirou os sapatos para não fazer barulho, mas deu de cara com a mãe, que a esperava preocupada.

— Minha filha! — a mãe gritou e abraçou a garota, desesperada — Onde você esteve? Já liguei para todo o mundo, teus amigos e colegas, e estava quase ligando para a polícia! Por que você demorou tanto?

— Ai, mãe, você nem vai acreditar, mas eu estava saindo da festa, quando apareceu um homem lindo, elegante, todo perfumado que sacou uma arma e disse:

— Ou dá ou morre!

— Meu Deus do céu! — exclamou a mãe enquanto se benzia — E o que você fez, minha filha?

— É claro que eu morri!

17
7
10

Um sujeito está voltando para casa, dirigindo acima da velocidade permitida. Olhando pelo retrovisor, ele vê um carro de polícia buzinando, com um guarda fazendo gestos obrigando-o a parar.

Ele pensa: "corro mais do que ele", e pisa fundo no acelerador. O carro dá uma arrancada e a polícia segue-o numa corrida desenfreada — 100, 120, 140, 160 km/h. Quando o velocímetro chega a 180 e a polícia continua atrás dele, o sujeito desiste e encosta.

O guarda chega na janela e diz:

— Olha, eu tive um dia cansativo hoje e só quero ir para casa. Me dê uma boa desculpa e eu o deixo ir.

O sujeito pensa por um momento e diz:

— Há três semanas minha mulher fugiu com um guarda. Quando eu vi seu carro no meu retrovisor, eu pensei que fosse o senhor e que estivesse tentando devolvê-la!

31
26
5

Dois amigos estavam fumando maconha e foram pegos pela polícia. No dia do julgamento o juiz, que estava de bom-humor, disse:

— Vocês parecem ser boas pessoas, por isso lhes darei uma segunda chance!

— Ao invés de irem pra cadeia, vocês terão que mostrar para as pessoas os terríveis males das drogas e convencê-las a largá-las!

— Compareçam ao tribunal daqui uma semana, pois eu quero saber quantas pessoas vocês convenceram!

Na semana seguinte os dois voltaram e o juiz perguntou para o primeiro homem:

— Como foi sua semana, rapaz?

— Bem, meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir drogas para sempre!

— 17 pessoas? — disse o juiz, satisfeito — Que maravilha. O que você disse para elas?

— Eu usei um diagrama, meritíssimo. Desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Aí apontei pro círculo maior e disse: "Este é o seu cérebro em tamanho normal... — e apontando pro menor — E este é o seu cérebro depois das drogas!"

— Muito bem! — aplaudiu o juiz, virando-se para o outro sujeito — E você? Como foi sua semana?

— Eu convenci 234 pessoas, meritíssimo!

— 234 pessoas? — exclamou o juiz, pulando da cadeira — Incrível! Como você conseguiu isso?

— Utilizei um método parecido com o do meu colega. Também desenhei 2 círculos, um pequeno e um grande. Mas eu apontei para o círculo menor e disse: "Este é seu cu antes da prisão..."

165
152
13

O sujeito foi fazer exame de próstata e levou uma arma consigo.

Quando ele olhou pro médico, um negão de dois metros e dez de altura e viu a grossura descomunal dos seus dedos, sacou a arma.

— Meu senhor! O que é isso? — exclamou o médico, assustado — Guarde essa arma!

— Calma, Doutor... Eu só vou deixar a arma aqui na mesa enquanto o senhor faz o exame.

— Mas por que você trouxe uma arma pro exame? Você é policial? Segurança?

— Não, doutor... Eu só queria pedir uma coisa pro senhor...

— O que é? — perguntou o médico, preocupado.

— Se eu tiver qualquer demonstração de alegria o senhor me dá um tiro?

23
19
4

O guarda vê um homem estacionando seu carro em local proibido e diz:

— Tire o carro e pare em outro lugar. Não está vendo a placa de "Proibido Estacionar"?

— Estou...

— E então?

— Então... Vá tomar banho!

O guarda algema o indivíduo no ato, e o leva até a delegacia:

— Olha que engraçadinho, delegado. Mandei tirar o carro de um local proibido e ele me mandou tomar banho!

— Ah, é ? — diz o delegado com ironia — E eu? Pra onde você vai mandar?

— Eu vou mandar tomar no cu! — diz o cara.

O delegado fica furioso, dá um bofete no cara e fala:

— Leva para os fundos e põe o vagabundo no pau-de-arara!

O policial leva o homem até uma salinha e o pendura de ponta-cabeça, quando a carteira do cara cai do bolso aberta no chão: "General do Exército Brasileiro".

Correndo, o guarda volta à sala do delegado e diz:

— Delegado. O homem é general!

— General? Ai, ai, ai... E agora? O que nós vamos fazer?

— Bom... Eu vou tomar o meu banho...

48
43
5

O homem compareceu ao plantão de polícia dizendo que queria confessar um crime. Com sono, o delegado vem até a sala de interrogatório e pergunta:

— O que você fez?

E o cara:

— Matei minha sogra!

— Bom, meu rapaz, você devia estar muito transtornado quando cometeu esse crime, não se importe, vá pra casa e descanse. Amanhã a gente resolve isso. Está tudo bem.

— Mas doutor eu enterrei a velha!

— Ah me filho, viu que boa alma você é? Enterrou a sua sogra e assim já evitou toda aquela burocracia.

— Doutor! Mas quando eu estava enterrando ela gritava que ainda estava viva!

— Ô meu filho e você não sabe que toda a sogra é mentirosa e teimosa?

122
102
20

A família inteira estava no carro voltando do feriadão na praia. Quase chegando em casa, um policial rodoviário manda o carro parar:

— Por favor, os documentos, do senhor e do veículo. Sabia que estava a cento e quarenta por hora e que a velocidade permitida aqui é apenas noventa?

— Não seu guarda, eu estava a noventa, tenho certeza disto.

A sogra, sentada no banco de trás entre as crianças, começa a participar da conversa:

— Ah, Paulo Ricardo, que é isso! Você estava a 140 ou mais!

O cara olha para a sogra vermelho de raiva. O policial continua:

— E sua lanterna direita não está funcionando...

— Minha lanterna? Nem sabia disso. Acho que queimou durante a viajem.

E a sogra corrige:

— Ah, Paulo Ricardo, que mentira! Faz quase um mês que você está falando que precisa trocar a lâmpada da lanterna!

O cara fica quase louco e faz sinal à sogra para ficar quieta. O policial:

— E o senhor está sem o cinto de segurança.

— Mas, seu guarda, eu estava com ele. Eu só tirei para pegar os documentos!

— Ah, Paulo Ricardo, mentindo de novo? Você nunca usa o cinto!

O cara explode e grita com a velha:

— Cacete! Dá pra calar a boca?

O policial chega perto da janela da sogra e pergunta:

— Esse sujeito sempre grita assim com a senhora?

E a sogra que colabora responde:

— Não, não senhor, seu guarda. Só quando bebe!

103
90
13