Piadas de Políticos

Walter Mercado pede uma audiência com Fernando Henrique. A certa altura da conversa, o presidente não se contém e solicita ao vidente para que lhe veja o futuro.

Walter faz uma pequena oração, se concentra e ainda de olhos fechados, comenta:

- Vejo o senhor passando por uma avenida com uma multidão enorme acenando para o senhor!

Um largo sorriso abre-se no rosto do presidente.

- Eles estão felizes?

- Muito! Muito felizes!

- E eu? Aceno de volta para eles?

- Não!

- Por que não?

- Porque o caixão está lacrado!

13
1
12

No meio de uma região de canibais, lá nos confins dos fins da África, um homem chega em barzinho no meio da selva e olha para uma grande placa que exibia o cardápio.

Missionário frito: 7 reais.

Guia de safári al pasto: 5 reais

Político recheado ao forno: 35 reais

Intrigado com a diferença de preços, o cara pergunta ao dono do bar por que político era um prato tão caro:

O dono do restaurante deu uma risadinha e disse:

— Poxa, além dele demorar um tempão cozinhando — respondeu o dono do restaurante — o senhor já tentou limpar um deles

12
4
8

Uma senhora comprou um Mercedes último tipo e orgulhosamente saiu da concessionária dirigindo-o. No meio do caminho, ela tentou mudar as estações do rádio do carro mas não conseguiu de jeito nenhum. Furiosa, ela deu meia volta e retornou à concessionária. Chegando lá, foi reclamar com o vendedor que havia lhe atendido, o qual imediatamente se desculpou:

— Calma, minha senhora! É que esqueci de lhe dar às instruções a respeito deste Rádio Inteligente, importado do Japão. Para ativá-lo, é só usar o tom de voz pedindo o gênero musical. Por exemplo: Música sacra!

E o rádio imediatamente emendou "Erguei as mãos e dai glória a Deus"...

O vendedor prosseguiu:

— Outro exemplo: Axé music!

E o rádio tocou "Segura o Tchan, Amarra o Tchan..."

— E mais um exemplo: Funk!

E o rádio soltou a pérola "Um tapinha não dói, um tapinha..."

— Está bem, já entendi! — Interviu a senhora, que ficou maravilhada com a tecnologia, pediu desculpas pelo mal-entendido e saiu dirigindo satisfeita. No meio do caminho, ela disse, cheia de empolgação:

— Rock and Roll!

E o rádio imediatamente começou a tocar uma música dos Rolling Stones, enquanto a velhinha cantava, e afundava o pé no acelerador.

De repente, um carro vem a toda velocidade na contramão e quase bate no Mercedes novinho da madame, que em um ato de reflexo tira o carro do caminho salvando-se de um grave acidente. Passado o susto, ela se vira pra trás e grita:

— Filho da Puta!

No mesmo instante a música do rádio é interrompida pela seguinte mensagem:

"Interrompemos nossa programação para ouvir um pronunciamento do Excelentíssimo senhor Presidente da República..."

26
20
6

Estavam as três primeiras-damas conversando.

— Eu costumo chamar o Boris, de General — dizia a mulher de Ieltsin. — Eu nunca sei se ele vai me atacar pela frente ou pela retaguarda.

— Eu costumo chamar o Jacques, de Cortina — dizia a mulher de Chirac. — Ele sempre desce após o ato.

— Eu costumo chamar o Bill, de Boato — dizia a mulher de Clinton. — Ele está indo sempre de boca em boca!

9
-6
15

Aquele político velho de guerra estava sendo julgado por corrupção.

Enquanto transcorria o julgamento ele aguardava em sua casa nervosamente. De repente, toca o telefone e o advogado encarregado da sua defesa, diz, sem esconder a euforia:

— Doutor, finalmente a justiça foi feita!

— Então, vamos apelar! — emenda o safado.

17
8
9

O salva-vidas estava em uma praia de Miami, quando vê alguém gritando por socorro. Rapidamente atira-se ao mar para salvar o sujeito.

Quando consegue trazê-lo de volta para a praia e já em plena segurança, ele surpreende-se com o rosto conhecido.

— O senhor não é o Bush?

— Sou eu mesmo! Você salvou a minha vida! Pode pedir o quiser, que eu lhe darei!

O salva-vidas olha para os lados, pensa um pouquinho e fala baixinho:

— O senhor seria capaz de me fazer um grande favor, então?

— Claro, o que você pedir!

— Não conta pra ninguém que fui eu que o salvei, tá?

19
16
3

A jornalista entrevista um famoso deputado:

— Deputado, o senhor pode nos dizer como começou a sua carreira de político?

— Ah! Foi logo na infância... eu ainda estudava no primário...

— No primário?! — espantou-se a jornalista.

— Sim! Um dia meu pai me chamou e disse: "Filho, a partir de hoje eu vou lhe dar mil cruzeiros toda as vezes que você tirar uma nota maior que 7". Então, eu cheguei para a minha professora e falei: "Escuta, dona Clotilde, a senhora não gostaria de ganhar quinhentos cruzeiros de vez em quando?".

13
4
9

O político famoso vai assistir a inauguração de um teatro numa pequena cidade do interior.

O espetáculo começa com um recital de um pianista muito conhecido. Tentando evitar um vexame, o político vira-se para o seu assessor e pergunta:

— Você entende de música?

— Um pouco — responde o assessor.

— O que é que esse cara está tocando?

— Piano!

8
-11
19

O Vicente Mateus foi até o gabinete do prefeito, mas foi barrado pelo seu secretário.

— Seu Mateus, acho que o prefeito não vai poder atendê-lo, está com um pessoal que veio de Brasília...

— Ora, deixe de bobagem! Vai lá e fala pra ele que eu vim de Mercedes!

11
2
9

George Bush é levado para o hospital em estado grave. Depois de examiná-lo, o médico informa aos que o acompanham:

— Infelizmente, não temos esperanças.

Jeb, irmão de George, pergunta ansioso:

— Doutor, então ele morrerá rapidamente?

— Não — responde o médico — ele sobreviverá.

5
0
5

Uma porção de políticos viajava em um avião, quando o capeta aparece de repente e anuncia que vai derrubá-lo. Foi um corre-corre danado. Em discursos inflamados, deputados declaravam que seria uma perda irreparável para o país, senadores suplicavam por compaixão, líderes se diziam injustiçados.

Mas nada disso comovia o diabo. Até que, em determinado momento, ACM pediu a palavra, levantou-se, cochichou algo no ouvido de Satã e este último finalmente resolveu reconsiderar a sua decisão e saiu se desculpando.

Curiosos e aliviados, os políticos foram ter com ACM:

— O que foi que Vossa Excelência disse ao capeta?

— Eu disse apenas que Salvador tem prefeito, mas quem manda lá sou eu; a Bahia tem governador, mas quem manda lá sou eu; o Brasil tem presidente, mas quem manda lá sou eu..., e enfatizei: "O senhor não se iluda, quando morrer vou direto para o inferno!"

17
9
8

Pouco antes da meia-noite, o presidente Bill Clinton estava voltando para casa, quando percebe uma inscrição, bem diante da sua porta de entrada, escrita com urina na neve: "Clinton é corno".

Enfurecido, imediatamente ele aciona o serviço secreto e ordena uma detalhada investigação sobre o fato.

Após vários exames, coleta de amostras, consulta a grafólogos etc... o chefe do serviço secreto vem comunicar-lhe o veredicto.

— E então? — pergunta Clinton, ansioso.

— Descobrimos o culpado — disse o homem, sem rodeios. — A urina é do seu chefe de gabinete!

— O meu chefe de gabinete? Mas que filho da puta!

— Você não sabe do pior...

— O que poderia ser pior que ser traído por um amigo de infância?

— A caligrafia é da Hillary!

8
2
6

Um burro morreu bem em frente duma Igreja e, como uma semana depois, o corpo ainda estava lá, o padre resolveu reclamar com o Prefeito.

— Prefeito, tem um burro morto na frente da Igreja há quase uma semana!

E o Prefeito, grande adversário político do padre, alfinetou:

— Mas Padre, não é o senhor que tem a obrigação de cuidar dos mortos?

— Sim, sou eu! — respondeu o padre, com serenidade. — Mas também é minha obrigação avisar os parentes!

23
20
3