Piadas de Português

O português chegou no Brasil e queria comprar uma moto comprar uma moto, mas acabou indo parar num sítio. O caipira que era muito esperto vendeu um bode para o português como se fosse um tipo diferente de moto.

O português montou no bode e ao chegar na primeira descida percebeu que não sabia onde ficava o freio.

Procurou pra lá, pra cá e puxou o saco do bode. O bode imediatamente gritou:

- Béééééééé!

E o português disse:

- Vixe, aqui é a buzina!

50
25
25

Todo dia quando passava um avião sobre a casa do Manoel ele dizia:

- Tchau Araújo, adeus.

A Maria intrigada perguntou:

- Manoel, como sabes que é o Araujo que está lá?

- Ora Maria, quem viaja pelo mar não é marujo? Então, quem viaja pelo céu é Araújo.

424
93
331

O português veio para o Brasil deixando na terrinha a sua querida mulher. Anos depois mandou buscá-la. Na noite em que os dois se encontraram, mortos de saudade, começaram a conversar:

- Como é, Maria? Você manteve o pacto de fidelidade que nos fizemos? Quero saber, Maria, porque eu cumpri. Eu fui cem por cento com você, Maria. Imagine, aqui, nesta terra quente, cheia de mulatas tão bonitas, eu fiquei firme, Maria. às vezes, ficava que já morrer de desespero. Aí não aguentava. Pegava uma mulata, levava pra casa. Ah, Maria, quantas vezes isso aconteceu... Aí, na hora agá, Maria, eu me lembrava de ti e, cheio de lágrimas nos olhos, saia de cima, Maria. E tu, Maria, como é que foi?

- Bem, Manoel, tu sabes... sair de baixo e muito mais difícil do que sair de cima.

340
97
243

O português estava reunido com os amigos, quando eles começaram a falar de lição de moral, e um dos amigos diz:

- Outro dia eu estava andando na rua, quando eu vi um moleque de 12 anos comendo um doce, e quando ele acabou, ele jogou o papel no chão.

E os amigos perguntaram:

- E o que você fez?

- Eu peguei ele pelo braço, fiz ele pegar o papel, levei ele até a lata de lixo e disse pra ele. É ai que se joga.

O português não se conteve e contou sua história.

- Aconteceu comigo também, mas foi com um homem, eu cheguei em minha casa e falei pra Maria. Maria, parece que tem algo dentro do guarda-roupa, está fazendo barulho. E quando eu abri a porta do guarda-roupa, eu vi um homem pelado agachado dentro dele.

E os amigos perguntaram.

- E o que você fez?

O português olhou sério para os amigos e disse:

- Eu peguei-o pelo braço, o levei até o banheiro, mostrei a privada e disse. É aí que se caga, e não dentro do meu guarda-roupa.

394
-20
414

O turista visita o Museu de Cérebros, em Portugal. Acondicionado numa redoma de vidro, conservado em formol, tá lá o cérebro de Einstein, orçado em vinte mil dólares. Mais à frente, o turista encontra exposto o cérebro de Isaac Newton, orçado em trinta mil dólares.

No final do corredor, guardado com toda segurança, o visitante se depara com um cérebro cujo valor é de dois milhões de dólares! Lê a pequena inscrição, abaixo da redoma: "Cérebro pertencente a Manoel, homem mais inteligente de Portugal".

Abismado com a discrepância de preços entre cérebros de figuras tão eminentes e o cérebro de um simples português, chama o guarda do Museu, também português, que lhe explica:

- Faz sentido ser caro. O Manoel não deixava de jeito nenhum que lhe arrancassem o seu cérebro.

121
-141
262

Um dublê português estava fazendo o papel de Jason Voorhees. Os criadores do filme Sexta-Feira 13 mandaram o dublê colocar lentamente a faca no pescoço de uma atriz para depois gravar a cena e fazer efeito de câmera rápida e finalizar com animação 3D. O gravador gritou:

- Luz, câmera, ação!

O português colocou lentamente a faca no pescoço da atriz. Quando a ponta da faca encostou no pescoço, o cara da gravação gritou:

- Corta!

E o português cortou.

285
80
205

- Conte-me, Manoel, a sua versão dos fatos. - diz o juiz.

- Pois, foi assim: estava eu na cozinha com a faca a cortar o presunto. Nesse momento entrou a minha mulher, tropeçou, caiu sobre a faca e espetou-se no peito.

- Sim... - diz o juiz - Continue...

- Pois foi assim... sete vezes seguidas!

222
-42
264

O italiano passeava tranquilo com sua Ferrari, pelas estradas de Portugal, rodando a mais ou menos 120 km/h, embora as placas indicassem que o limite era 100. Um guarda rodoviário a bordo de uma moto emparelha e faz sinal para que ele encoste. Mas o italiano resolve se divertir e puxa uma segunda, pisa fundo e some, deixando o guarda para trás.

Quilômetros à frente, o italiano encontra um enorme bloqueio policial e é obrigado a parar. Logo um guarda de arma punho aparece e dá voz de prisão:

- O senhor está preso por ter matado um guarda lá atrás.

- Mas como? Eu apenas fugi de seu colega!

- Sim mas fugiu tão rápido que ele desceu da moto, pensando que ela tinha parado.

152
-47
199

O português estava no avião, e quando passaram por uma área de turbulência, ele disse:

- Eu acho que vou vomitar!

O passageiro que estava ao lado aconselhou:

- É melhor você vomitar no saco.

O português abre a calça, vomita e diz:

- Obrigado pela dica, foi melhor mesmo.

237
32
205