Piadas de Português

Estava lá o Manuel, todo arrasado e triste.

Chega o Brasileiro e pergunta:

— Está todo triste, Seu Manuel. O que aconteceu?

— Pois é, aconteceu acidente de trem na terrinha e morreram 200 compadres.

— Mas como foi isso seu Manuel, morreram 200 na hora?

— Não, morreram 100 na hora e 100 na reconstituição.

14
7
7

O Joaquim e o Manoel concorriam entre si, cada um com o seu bar, em esquinas opostas ao mesmo cruzamento.

O primeiro levava vantagem porque tinha a porta um papagaio falador que era o encanto da freguesia.

Resolvido a não ficar em desvantagem, foi ao mercado onde Lhe impingiram um filhote de coruja implume, como se fosse um papagaio recém-nascido, receptivo a qualquer ensinamento.

Três meses depois, o bichinho já estava todo emplumado e adulto, quando um freguês perguntou:

— Como é Joaquim, o papagaio já está falando?

— Não meu amigo, mas parece inteligente, pois presta uma atenção. . .

11
3
8

Manuel chega em casa e encontra seu filho de 3 anos chorando desesperadamente, preocupado Manuel pergunta: Por que tu estás chorando menino?

E o garoto responde:

— Pai eu estou com medo do homem que está escondido no armário do quarto da mamãe. E Manuel responde, meu filho não tem ninguém lá. Eu vou olhar para te provar que não há ninguém no armário.

Chegando lá, Manuel abre o armário e da de cara com seu melhor amigo completamente nu. Furioso Manuel diz:

Você! Meu maior amigo... escondido no armário do quarto da minha mulher só para fazer medo ao meu filhinho.

11
1
10

Estava o português em um daqueles imensos aquários, quando se depara com um japonês brincando com um peixinho. O japonês colocava o dedo num lugar do vidro do aquário e lá ia o peixinho, colocava noutro, e o peixinho como que hipnotizado seguia. O português muito impressionado foi lá perguntar ao japonês como e que ele conseguia aquilo. Ao que o japonês respondeu:

— Simples, mente superior domina mente inferior, né.

Entra o intervalo comercial, e meia hora depois se retoma à cena. La está o português em frente ao peixinho abrindo e fechando a boca.

10
3
7

Português estando com muita sede foi tomar água. E como e comum às classes menos abastadas o uso do velho filtro, lá foi ele. Muito displicentemente abriu a torneira. De repente começou a escorrer água pelo chão todo porque o copo estava de boca para baixo:

— Maria, Maria! — Frita todo bravo, o português.

— Ora pois, Manuel, o que te afliges?

E o português mais bravo porque a mulher não percebe o que está acontecendo:

— Onde raios tu foste arrumar um copo que não tem boca?

— Mas tu és burro mesmo, hein Manuel! — Diz Maria após examinar o copo.

Mesmo que este copo tivesse boca, ele não tem fundo!

8
4
4

Joaquim ligou o rádio para ouvir o noticiário das oito horas.

O rádio não funcionou, então Joaquim chamou Maria:

— Ô Maria, o que fizeste com o rádio?

E Maria respondeu:

— Ele estava muito sujo e eu o lavei!

— E o Joaquim aflito:

— Santo Deus, vai ver que afogaste o locutor da rádio!

13
1
12

O motoqueiro está a 200 por hora na estrada quando estoura o zíper da sua jaqueta. Para evitar o frio no peito, ele resolve vesti-la ao contrário.

Após 2 quilômetros a moto derrapa e ele voa para o meio do mato.

Logo após vem um carro com dois portugueses, que vão socorrer o coitado.

Em seguida chega a polícia, que pergunta aos portugueses:

— Ele morreu na hora?

— Não, morreu agora há pouco, quando tentávamos virar o pescoço dele para o lado certo!

40
32
8

Três europeus são capturados por uma tribo de canibais. Antes de os sacrificar, o chefe concede-lhes um desejo.

O inglês pede:

— Quero beber um chá das 5 pela última vez.

O francês pede:

— Quero comer croissants pela última vez.

E o português:

— Quero comer morangos pela última vez.

— Mas nesta época não há morangos. — Diz o chefe.

— Ah, então eu espero!

20
12
8

Numa certa época implantaram a pena de morte em Portugal. Matavam os criminosos na cadeira elétrica.

Um dia na altura de matar um assassino faltou a luz!

Após alguns minutos ouvem-se gritos altíssimos. O diretor da cadeia não entende o que se passa e pergunta:

— O que é que se passa? Por que a gritaria?

— É que estamos a matá-lo com a vela, chefe!

19
7
12

Tinha um sujeito que todos os dias passava na porta de uma barbearia, por volta das 18 horas, e perguntava ao barbeiro português:

— Por favor, quantos tem ainda na minha frente?

— 4 pessoas.

— Xiii! Vai demorar. Volto outro dia.

E dia após dia, era a mesma coisa. Sempre ele deixava para cortar o cabelo outro dia...

Desconfiado de que sujeito trabalhava para a concorrência, o barbeiro contratou um menino para segui-lo, assim que ele saísse dali no dia seguinte.

No dia seguinte, lá pelas 18 horas, lá vem ele de novo:

— Por favor, quantos tem ainda na minha frente?

— Xiii! Hoje está concorrido. Tem ainda 9 pessoas.

— Hum... Vai demorar muito. Volto outro dia... — E foi-se embora.

Imediatamente, o menino o seguiu.

Na manha seguinte, o barbeiro chega ansioso para o menino e pergunta:

— E então? Para qual concorrente ele está trabalhando?

— Não deu para descobrir não! Ele entrou na casa 23 da Rua das Amoras e não saiu mais... Esperei umas 2 horas e cansado, fui embora.

— Raios! Ora pois! Essa é a minha casa!

13
8
5

A Nasa enviou ao espaço 3 macacos e 1 português:

— Nasa para a Nave.

— Macaco número 1, configurar painel de controle da espaçonave.

— Configuração efetuada!

— Macaco número 2, verificar pressurização da espaçonave.

— Pressurização verificada!

— Macaco número 3, alinhar a rota da espaçonave.

— Rota alinhada!

— Astronauta português...

— Já sei, já sei. Por comida para os macacos e não mexer em nada...

32
25
7

O português Manoel vai passando em frente a uma livraria e vê um amigo saindo com um livro debaixo do braço.

— Que livro é esse? — ele pergunta, curioso.

— Um livro sobre lógica.

— Lógica?! O que é isso?!

— Eu vou te dar um exemplo. Você tem aquário em casa?

— Tenho!

— Então, se você tem aquário em casa, logicamente tem água dentro!

— É, tem sim!

— Se você tem aquário e ele tem água, logicamente tem um peixe dentro!

— Acertou de novo!

— Se você tem um aquário com água e peixes, é provável que você tenha uma ou mais crianças em casa.

— Sim, tenho dois filhos!

— Se você tem filhos, logicamente, você não é gay! Entendeu, Manoel?

— Entendi! Que legal! — E fica tão entusiasmado que acaba comprando um exemplar também.

No caminho encontra um outro amigo que lhe pergunta:

— Que livro é esse, Manoel?

— É um livro sobre lógica!

— Lógica? O que é isso?

— Eu vou te dar um exemplo: você tem aquário em casa?

— Não!

— Então, logicamente, você é um viado!

58
48
10

O Português, no dia seguinte à lua-de-mel, queixa-se com a sua mãe:

— Ora pois, mãe... Depois da festa de casamento, eu levei Maria para o hotel e fui para a cama com ela. Bom... nós íamos fazer amor, quando eu descobri que ela era virgem!

— Oh raios! Uma virgem? Como é que pode? E o que você fez?

— Fiquei furioso! Decidi ir embora e nunca mais olhar na cara daquela mulher!

— Fizestes muito bem filho, o que não serve para os outros, também não serve para ti!

71
49
22