Piadas de Português

Manoel recebe uma carta de seus pais lhe pedindo uma foto.

Como não tinha nenhum retrato, lá foi ele tomar banho para tirar a foto. Terminado o banho, foi pentear o cabelo, quando se olhou no espelho, teve uma idéia:

— Vou mandar este espelho que já tem minha foto, daí até economizo dinheiro. E mandou o espelho.

Chegou em portugal aquele pacote grande e todos já sabiam que era a tal foto. Quando seu Joaquim abriu o pacote, gritou:

— Mulher, venha ver, nosso filho está acabado, com cara de bêbado e corno!

Dona Maria olha e diz:

— Mas também com essa velha com cara de puta ao seu lado só podia virar alcoólatra mesmo!

45
35
10

O Manuel foi, na segunda-feira, a uma loja de sapatos. Escolheu, escolheu e acabou se decidindo por um par de sapatos de cromo alemão.

O vendedor entregou o sapato, mas foi logo advertindo:

— Senhor, estes sapatos costumam apertar os pés nos primeiros cinco dias...

— Não tem problema. Eu só vou usá-los no domingo que vem.

39
29
10

Dois portugueses compraram um Fusca e foram dar umas voltas pela cidade. Depois de muito rodar o veículo começa a ratear, ratear até que para. Manoel então desce pra ver o que está acontecendo e na hora em que abre o capô, surpreende-se:

— Ai Jesuis! Não acredito! Roubaram o motor!

Nisso, Joaquim abre a tampa traseira e o tranquiliza!

— Não te preocupes, Manoel, sorte que este automóvel veio com um de reserva aqui atrás!

35
23
12

Manoel chegou em casa e não acreditou no que viu: porta arrombada, a casa toda revirada e no lugar da sua televisão, um vazio. O portuga fica desolado. De cabeça baixa, vê o controle remoto e revoltado começa a apertar, sem parar os botões de canal e dando uma gargalhada sinistra, desabafa:

— Eu posso até ficar sem a televisão, mas você não vai conseguir assistir nada!

27
10
17

Uma missão da máfia internacional deu errado e foram detidos, em um presídio dos Estados Unidos, um alemão, um brasileiro e um português.

— Vocês ficarão em solitária por 30 anos! — disse o delegado, em voz alta — E tem direito a um único pedido! Vamos, digam o que vocês querem... Mas digam logo!

— Bem, eu quero ter uma biblioteca completa na minha cela! — disse o alemão — Eu não posso ficar sem estudar, sem pesquisar...

O brasileiro foi o segundo a se pronunciar:

— Eu quero uma mulher gostosa na minha cela! Eu não posso ficar sem mulher!

— E eu quero um caminhão de maços de cigarros! — disse o portuga — Eu não posso ficar sem fumar!

Os pedidos foram atendidos e as celas foram trancadas e, trinta anos depois, os policiais foram soltar os presidiários. Ao abrir a cela do alemão, eles o viram entretido em seus livros, cercado de centenas de formulações e teses científicas.

A segunda cela a ser aberta foi a do brasileiro. Ele estava relaxado, deitado no chão, cercado de filhos e a mulher já estava grávida de novo. Quando abriram a última cela, eles encontraram os maços de cigarro ainda fechados e o português com um cigarro na mão, dizendo:

— Fósforo! Fósforo! Pelo amor de Deus, alguém tem um palito de fósforo?

54
47
7

O português, louco por caçada, foi com seus amigos para os Estados Unidos abater alguns animais em solo norte-americano. Chegando lá, combinaram que cada um ficaria o dia todo na mata e depois se reuniriam pra exibir seus "Troféus". Chegando a noite, todos reunidos e começaram a narrar suas aventuras:

— Eu consegui abater um alce americano, cara, foi demais!

— Isso não é nada! Precisa ver o urso que eu matei!

— E você Manoel, caçou algo:

— Olha, rapaz, eu atireis em alguns prisnôs!

— Prisnô? Que raio de bicho é esse? Como ele é?

— Bom, tava escuro, eu não consegui ver direito, mas na hora em que eu mirava eles gritavam: "Pris! Nô!"

88
74
14

O português reclama de fortes dores ao seu médico:

— Ai doutore, cá estou eu com dores fortes pelo corpo todo; eu ponho a mão aqui no peito... Ai! A mão nas costas... Ui! Até na minha cabeça dói... Iau!

Depois de um rápido exame o portuga, já nervoso, lhe pergunta preocupado:

— E então doutoire, é grave?

— Não, não é grave, não. O senhor só está com o dedo quebrado.

23
13
10

Estava Manoel em sua padaria quando entra seu vizinho correndo e o avisa:

— Manoel, Manoel, sua mulher tá te traindo e o safado tá saindo da sua casa agora!

Fulo da vida, o portuga pega seu trezoitão e sai na captura do gajo, mas se esqueceu de perguntar como ele era. No meio do caminho encontra um homem todo vestido de preto segurando uma Bíblia e pergunta já nervoso:

— Ei gajo, você tá vindo de onde?

— Estou vindo da casa do Senhor!

— Safado! Vai morreire!

51
42
9

Naquela ladeira enorme estava sentado na calçada um garoto quando sobe um caminhão de ré. O garoto, curioso pergunta pra motorista, que por acaso é português, o porquê do veículo está subindo desta forma e o lusitano responde:

— É que eu tenho que fazer uma entrega lá em cima deste morro e me disseram que não tem espaço pra virar quando retornar.

Idéia inteligente, pensa o garoto.

Meia hora depois desce o caminhão, novamente de ré. Novamente o garoto pergunta pro motorista:

— Ué? O que aconteceu?

— Pois é, garoto, me disseram que não dava pra virar, mas não é que eu consegui?

20
11
9

O português chega no restaurante depois de almoçar pede uma latinha de cerveja. Assim que seu pedido é atendido tira do bolso um abridor de latas e começa a abri-la. O garçom, vendo aquela cena, não se contem e pergunta:

— Desculpa, senhor mas o senhor não sabe pra que serve este anelzinho aqui em cima da lata?

— É claro que eu sei, ora, pois! É só pra quem não tem abridor!

39
31
8