Piadas de Português

21
7
14

Exame Anual

Um português leva sua esposa para fazer um exame tipo check-up anual em um médico e o mesmo, após examinar sua esposa, lhe diz:

— Sua esposa está muito bem de saúde, mas para que ela conserve esta saúde, é necessário que faça bastante sexo...

— Quantas vezes é necessário por semana, doutor?

— Pelo menos umas três vezes... Assim tipo Segunda, Quarta e Sexta, para intercalar...

— Tudo bem, doutor... Segunda e Quarta, dá, mas Sexta eu não poderei trazer ela aqui para o senhor, por que tenho que jogar bocha, lá no clube...

135
120
15

Tiro Durante o Sexo

O brasileiro chega ao trabalho todo sorridente, feliz com a vida, e seu colega português lhe pergunta:

— Por que estás a rir à toa?

Ele responde:

— Tive uma noite maravilhosa. Estava fazendo sexo com minha mulher, e quando estava quase gozando, peguei a minha arma e dei um tiro para cima, ela levou um puta susto, contraiu sua vagina e gozei muito gostoso!

— Por que você não faz a mesma coisa?

E assim o português se propôs a fazer…

No outro dia o português chega ao trabalho com uma cara de merda… E seu amigo pergunta:

— E aí não deu certo?

Ele respondeu:

— Claro que não! Estava eu a fazer um 69 com minha mulher quando ia estar a chegar lá, dei o tiro sugerido. Ela levou um puta susto, mordeu meu pau, cagou na minha cara e ainda me sai um filho da puta do armário gritando: "Não me mate, por favor!"

44
25
19

Objeto Perigoso

Um português, um alemão e um francês queriam ter o avião mais moderno já construído e só existia um dele no mundo todo e era extremamente caro.

O dono da empresa que fabricou o avião disse aos três:

— Somente um de vocês pode ter o avião. Então vou fazer uma proposta com vocês! De vocês três o quem tacar do avião o objeto mais perigoso em seu país fica com o avião.

Então foi o alemão e tacou uma faca na Alemanha; Todo confiante vem o francês e da um tiro em seu país;
Achando que já ganhou vem o português e joga uma bomba em Portugal.

No dia seguinte o alemão todo triste que não ganhou o avião vê uma menininha chorando na rua, e ele pergunta:

— O que houve menininha?

— Ontem eu tava brincando com minha mãe e ela levou uma facada — responde ela.

O francês também todo triste vê um garoto chorando e pergunta pra ele:

— Por que você tá chorando?

E o garoto responde.

— Eu tava brincando com meu amigo e ele levou um tiro!

E o português feliz da vida porque tinha ganho o avião estava andando em Portugal e viu um garoto se matando de rir. E por curiosidade perguntou à ele:

— Por que estás rindo pequena criança?

E o menino responde:

— A senhor é que eu peidei e minha casa explodiu!

24
16
8

Banho do Manuel

Manuel está tomando banho e grita para Maria:

— Ô, Maria, me traz um shampoo.

E Maria lhe entrega o shampoo. Logo em seguida, grita novamente:

— Ô, Maria, me traz outro shampoo.

— Mas eu já te dei um agorinha mesmo, homem!

— É que aqui está dizendo que é para cabelos secos e eu já molhei os meus.

42
24
18

UTI em Portugal

Joaquim era enfermeiro de uma UTI e tratava de uma mulher internada em estado de paralisia total. Nove meses depois ela aparece grávida, para espanto de todos!

A direção do hospital se reuniu e deu queixa na delegacia de polícia para achar o culpado. A polícia então começou interrogando o Joaquim.

— O senhor era o enfermeiro da paciente grávida?

— Sim senhoire...

— E foi você que engravidou a moça?

— Foi sim senhoire, mas só fiz por ordem do hospital. Cumpri rigorosamente o que estava escrito na prancheta da paciente.

— Como assim? O que era mesmo que estava escrito no boletim médico?

O Joaquim então retirou uma cópia do relatório e leu para o delegado: "Mulher, 22 anos, inerte, não reage a nenhum estímulo. Coma."

58
29
29

Ônibus Para o Cristo Redentor

Um português estava no ponto de ônibus e pediu uma informação a um carioca:

— Olá, o senhor poderia me dizer qual ônibus eu pego para ir ao Cristo Redentor?

— Claro, é o ônibus 583 — responde o carioca.

O português agradece.

Depois de várias horas o carioca voltando do trabalho passa pelo mesmo local e lá esta o português. Espantando ele pergunta:

— O ônibus ainda não passou?

O português responde:

— Não, por enquanto só passaram 73.

59
50
9

Assalto a Banco

Dois assaltantes portugueses invadiram um banco muito movimentado, renderam todos que estavam lá dentro e foram direto até os cofres, que ficavam nos fundos da empresa.

Manoel arrombou o primeiro e disse para o amigo Joaquim:

— Mas que diabos..olha só! Aqui não tem dinheiro! Só tem iogurte!

— Oh raios! Mas que coisa estranha! Bem, mas se está no cofre, deve ser um iogurte muito bom! Então vamos tomar, ora pois!

Depois de acabarem com todos os potes de iogurte do primeiro cofre, correram para o segundo. Este Joaquim abriu.

— Não acredito! — gritou ele — Mas este também só tem iogurte!

Ora raios, mas de novo.... iogurte, iogurte e mais iogurte! — disse Manoel, já empapuçado, olhando para um dos seguranças rendidos.

— Mas que porcaria de banco é esse, que só tem iogurte? O segurança olha para os dois portugueses e diz, em voz baixa:

— É porque esse daqui é apenas um Banco de Esperma, senhores!

36
27
9

Lenhador

O lenhador português vai à uma loja de ferramentas. Lá ele observa um serra elétrica e pergunta para o vendedor:

— O que é isso?

— Isto é uma serra elétrica. Ela serve para cortar árvores de um modo muito mais rápido. — responde educadamente o vendedor.

— Vou levar! — fala o português excitado com a novidade.

No outro dia o português volta à loja:

— Eu quero devolver essa porcaria — diz o português. — Com o machado agente cortava 30 árvores por dia, e com isso daqui nem 5 agente corta!

O vendedor, espantado, liga a serra elétrica para detectar o problema.

— Epa, que barulho é esse? — pergunta o português.

92
77
15

Filho do Português

Maria, no leito de morte, decidiu confidenciar ao Manoel:

— Manoel, sabes que o nosso filho mais velho não é teu filho?

Manoel, muito tranqüilo, responde:

— Maria, isto não tem problema algum...

Maria, muito intrigada com toda a calma do Manoel, indaga-lhe:

— Escuta ó Manoel! Vê se entendes! Estou a dizer-te que o filho não é teu, ó homem de Deus!

E Manoel novamente responde:

— Pois, pois... eu entendi, ó Maria.

— Ai, Jisus! Por que raios então tu não estás azoado e ficas tão tranquilo?

Finalmente, Manoel responde:

— Pois... sabes ó Maria, que este filho não é tambaim teu filho?

Maria rebate:

— Como não é meu, ó homem de Deus? Se eu carreguei o infiliz na minha barriga por nove meses?

— Maria, lembra-te quando tu estavas na maternidade e me pediste para trocar o menino, porque ele estava todo cagado? Pois baim... eu o troquei por um limpinho que estava ao lado!

45
32
13

Bolas Frias

Maria, Fátima e Conceição, três amigas portuguesas, estavam tomando um chazinho juntas e botando a conversa em dia. Maria pergunta para Fátima:

— Quando estás a fazer amor com teu marido, o Joaquim, já aconteceu de tocar as bolas deles e estarem frias?

— Sim... as vezes percebo isso. E tu, já sentiste o mesmo no teu marido, o Antônio?

— Ah, sim...Já notei isso. Não acontece o mesmo com teu marido, ó Maria?

E Maria responde?

— Sabem que nunca reparei? Mas esta noite vou conferir!

— Está bem. Amanhã, você nos conta! — dizem as outras duas, curiosas.

No dia seguinte, Fátima e Conceição esperam por Maria, que chega atrasada. Ela vem capengando, com um olho roxo e a cara muito inchada.

— Que foi que aconteceu? — perguntam as amigas.

— É tudo culpa de vocês!

— Como assim?

— Foi porque, ontem à noite, quando toquei nas bolas do Manuel, meu marido, disse para ele: "Tu não tens as bolas frias como o Joaquim e o Antônio!"

62
21
41

Pedidos para os Índios

Três exploradores, um americano, um francês e um português, se perdem na floresta amazônica. Depois de muitos dias são capturados por uma feroz tribo indígena.

Amarrados num tronco no meio da aldeia, ouvem assombrados a proposta do chefe:

— Cada um pode fazer qualquer pedido. Se chefe não realizar, chefe liberta prisioneiro. Mas se chefe satisfizer o pedido, chefe manda guerreiros arrancarem a pele do prisioneiro para fazer canoa.

Apontando para o americano, pergunta:

— O que prisioneiro quer?

— Eu quero que você me traga aqui a estátua da liberdade.

Com a sua lança mágica, o chefe faz aparecer a estátua da liberdade no centro da aldeia e ordena aos guerreiros que arranquem a pelo do americano e façam uma canoa.

— Agora, chegou a vez do francês. Qual o seu pedido? — pergunta o chefe.

— Eu quero a torre Eiffel e as garotas do Moulin Rouge dançando cancan.

A lança mágica entra em ação novamente e faz realidade o pedido do francês. O chefe ordena em seguida que lhe arranquem a pele e que se faça uma canoa.

Finalmente, é a vez do português, que pede um garfo. Um simples garfo...

Diante de pedido tão simples, o chefe imediatamente entrega o garfo ao português. O nosso amigo de além mar, espetando o garfo em todo o seu corpo, gritava:

— Índios filhos da puta, vão fazer canoa de mim lá na puta que o pariu!

44
17
27

Ponta no Sertão

Num encontro entre o Presidente do Brasil e o Presidente de Portugal, o Presidente de Portugal, cansado com tanta gozações, propôs para que o Presidente do Brasil construísse uma ponte numa área de seca no Nordeste para servir como gozação.

Então o Presidente do Brasil, preocupado com as relações diplomáticas, construí a tal da ponte no sertão Nordestino. Quando os portugueses ficaram sabendo, foi aquela gozação.

Posteriormente, noutro encontro entre os presidentes, o Presidente de Portugal disse que já poderiam destruir a ponte, porque ele já tinha se divertido o suficiente. E como resposta, o Presidente do Brasil respondeu:

— Infelizmente não posso destruir a ponte no sertão nordestino, porque tem muitos portugueses em cima dela pescando!

33
25
8

Portuguesa no Hospital

Num quarto de hospital, a enfermaria notou que todos os dias na hora da visita, o Srenhor Manoel, marido da paciente vinha com uma fita métrica e a media da cabeça até os pés. Todos os dias a mesma coisa. Ele media e acenava a cabeça desanimado. Certa vez, não se conteve e curiosa, foi falar com o lusitano:

— Meu senhor, por favor, me esclareça uma dúvida. Todos os dias o senhor vem com esta fita métrica e mede sua esposa. Posso saber o por quê?

— Bem, é que eu não vejo a hora que a minha mulher volte pra casa !

— Mas eu ainda não entendi por quê que o senhor a mede!

— Ora, mas não foi o médico que disse que ela só vai sair daqui quando tiver alta? Pois então, por enquanto continua do mesmo tamanho...

25
-7
32

Vírus Português

De: virus@portugal.com.pt
Para: voce@qualquercoisa.com.br

Olá, amigo internauta!

Sou um vírus português que enviará seu computador para a Casa do Chapéu.

Bem, como sou um vírus MANUAL, preciso de sua ajuda. Por favor, vá até o Windows Explorer e apague os arquivos win.ini, command.com e qualquer outro que você ache importante. Agora deverá me reenviar para toda a sua lista de contatos e depois disto, formate seu disco rígido e coloque fogo no seu computador.

Se quisermos superar o vírus "I love you" precisamos cooperar.
Agradeço antecipadamente sua colaboração.

Atenciosamente,

Vírus Português

74
60
14

Pedra como Bola

Tarde de domingo. Futebol de várzea em Lisboa. A certa altura um dos jogadores vai cobrar um escanteio e o gandula, muito sacana, coloca uma pedra no lugar da bola. O cobrador do escanteio, toma distância, corre e pimba. Mete uma bicuda na bola, ou melhor, na pedra.

Cai no chão, começa a gemer, mas logo está dando gargalhadas!

O gandula indignado, pergunta:

— Você acabou de quebrar o — chutando a pedra, posso saber do que você está rindo?

— Hahaha! Tô rindo daquele imbecil que fez o gol de cabeça!

42
29
13

Piscina Mágica

No meio de uma festa grã-fina, o dono da mansão, já embriagado, pede a atenção de todos e diz:

— Pessoal! Eu tenho uma coisa muito interessante pra falar pra vocês!

— Fala! Fala logo! O que é? — gritam os mais empolgados.

— É que a minha piscina... Eu nem sei como dizer... Ela... Ela é mágica!

Todos caem na gargalhada achando que o cara já bebeu além da conta e está delirando, mas ele resolve provar, sai correndo, pula dentro da piscina e grita:

— Cerveja!

Não deu outra! Toda água da piscina se transformou em cerveja! Depois de beber bons goles, o anfitrião saiu da piscina e a água voltou ao normal.

Os freqüentadores não acreditaram e logo um outro cara entrou na piscina e gritou "Uísque!". Toda água virou uísque e ele se esbaldou.

Aí foi uma festa. Caipirinha, vodka, gim, todos os tipos de batidas...

Até que um português que estava na festa também resolveu tirar uma casquinha e saiu correndo em direção á piscina mágica. Depois de dar um salto todo desajeitado e cair na água de barriga, sua esposa Maria gritou:

— Ó, Joaquim! Como tu és burro! Pulou na piscina com o celular num bolso e a carteira no outro, ora pois!

E o portuga grita:

— Porra!

74
62
12

Papagaio do Prostíbulo

Uma senhora está farta de ficar sozinha a maioria do tempo e, procurando por companhia, resolve comprar um papagaio. Então ela entra em uma loja e pergunta o preço do animal, quando o dono da loja diz:

— Olha, eu tenho esse papagaio aqui e lhe vendo por 20 reais!

Ela fica feliz com o preço e resolve levar o bichinho, mas o dono da loja adverte:

— Esse papagaio pertencia a um prostíbulo, antes de eu tê-lo comprado. Portanto, ele fala algumas grosserias de vez em quando, mas é muito esperto.

Como a senhora estava muito determinada a comprar o papagaio, leva o bicho e o coloca em uma gaiola logo na entrada de sua casa.

O bicho olha em volta, em seguida olha para a senhora e diz:

— Nova casa. Nova cafetina.

A mulher fica um pouco espantada mas depois acha engraçado.

As filhas da senhora chegam da escola e o papagaio diz:

— Nova Casa. Nova Cafetina. Novas Putas.

As meninas ficam espantadas, mas a mãe explica o caso e elas também acham engraçado.

Então o marido chega em casa à noite e o papagaio olha para ele e diz:

— Nova Casa. Nova Cafetina. Novas Putas. Oi Jorge! Mudou de puteiro?

39
28
11

Caubói Português

Entra naquele bar do Texas, um português vestido como um verdadeiro caubói: Chapéu, Botas, Esporas até um laço na cintura. Pede um whisky e senta-se ao lado de uma bela garota que lhe olha da cabeça aos pés e pergunta:

— Que belas roupas! O senhor é caubói mesmo?

— Bom, eu ando o dia todo de cavalo, cuido do gado, laço os bois, ordenho as vacas, enfim, tomo conta de um rancho inteiro... É, acho que sou um caubói. E você?

A garota pensa um pouco e então responde:

— Eu? Eu gosto de mulher! Eu acordo pensando em mulher, durmo pensando em mulher, namoro com uma mulher... Enfim, eu sou lésbica.

O portuga fica de queixo caído. Logo depois, senta-se ao seu outro lado um garoto e seu pai. O menino olha para o "vaqueiro" e com a curiosidade que toda criança tem, lhe pergunta:

— Moço, o senhor é caubói?

Então lhe responde o lusitano:

— Olha, todo este tempo eu achava que era caubói. Mas hoje eu descobri que sou lésbica!

65
49
16

Alerta no Rádio

O português estava dirigindo um caminhão na Via Dutra de repente ele ouve um alerta no rádio:

— Atenção, senhores motoristas que estão trafegando pela BR-116. Muito cuidado no trecho entre os quilômetros 217 e 258, tem um louco dirigindo um caminhão na contra-mão!

E o português:

— Um não, vários!

43
31
12

Assalto ao Banco

Quatro assaltantes portugueses invadem uma agência bancária:

— Mãos para o alto! Mãos para cima!

O Manuel é quem manda em todos:

— Joaquim trancafies todos no banheiro. Pedro traz cá o gerente.

Os meliantes demonstraram a muita segurança e ótimo planejamento. O gerente, morrendo de medo, foi levado ao Manuel.

-Dá cá a chave do cofre, ó gajo!

— Pelo amor de Deus não me mate, eu esqueci a chave em minha casa.

— Não te preocupes, ó gajo, hoje é só o ensaio, o assalto mesmo vai ser amanhã.

37
30
7

O Gato e o Português

Seu Joaquim já não aguentava mais o gato da casa. Resolveu então levá-lo para longe e largá-lo por lá. Pôs o bichano num saco, jogou-o dentro do carro e o abandonou a 10 quadras de distância da sua casa. Quando chegou em casa, o gato estava deitado no sofá.

No outro dia, já nervoso, Seu Joaquim pegou o gato novamente, colocou no carro e o abandonou a 20 quadras de distância de sua casa. Quando chegou em casa, o gato estava novamente deitado no sofá.

Ele ficou muito irritado, pegou o gato novamente, colocou no carro e andou 10 quadras para a direita, 20 para a esquerda, 30 para baixo e abandonou o gato.

Depois de duas horas, Joaquim ligou para casa e perguntou à Maria:

— Maria, o gato voltou?

— Voltou — respondeu Maria.

— Então põe ele no telefone para me explicaire o caminho de casa, pois eu estou cá perdido!

45
25
20

Doença Rara

Joaquim estava com um problema muito esquisito e resolveu ir ao médico.

— Doutoire! — disse ele, aflito — Eu estou com alguma coisa subindo e descendo da bunda até a garganta.

O médico examinou, examinou e disse:

— Esta é uma doença muito rara... A doença do peido indeciso!

— Peido indeciso, Doutoire? Como é isto, ora pois?

— O problema é que você tem cara de bunda e o peido não sabe se sai por cima ou por baixo!

45
22
23

Mulher Burra

Num bar três amigos conversavam: um francês, um espanhol e um português. Acabaram numa competição para saber quem era casado com a mulher mais burra. O espanhol começou:

— É a minha. Ela comprou uma bicicleta com 18 marchas, muito cara, e nem sabe andar de bicicleta.

E o francês:

— Isso não é nada. A minha mulher mandou construir uma piscina no quintal de casa e não sabe nadar.

O português dá uma gargalhada e diz:

— Pois a minha mulher é muito mais burra. Ela vai passar o carnaval em Salvador, na Bahia, comprou uma caixa de camisinhas e nem "bilau" ela tem.

27
18
9

Bicicleta do Português

Os dois portugueses estavam indo para o trabalho juntos, um deles com uma bicicleta nova. O Manoel pergunta:

— Ó pá! Onde conseguiste esta belíssima bicicleta?

E o Joaquim responde:

— Estava eu a caminhaire no dia de ontem, pensando cá com meus botões nas dificuldades do trabalho e, repentinamente, aparece-me uma linda e escultural morena com esta bicicleta. Jogou a bicicleta ao chão e despiu-se de toda sua roupa, ficando completamente nua. Disse-me então: "Vai! Pega o que quiser.".

E Manoel acena positivamente com a cabeça e diz:

— Fizeste muito bem! A bicicleta é melhor, em você, as roupas não iam servir mesmo.

15
0
15

Única Solução

Joaquim chega em casa abatido, cabisbaixo e a Maria vai logo perguntando:

— Ó, Juquim, por que estás tão triste? O que foi que te aconteceu?

— Ora pois, Maria! Isto estás a pareceire aquela música de carnaval da jardineira!

— É mesmo... Mas me conte, Juquim! O que está se passando, meu gajo?

— Ah, Maria... Uma tragédia... Estive no médico hoje à tarde e ele disse que eu vou ter que ser capado!

— Capado? Mas, ora pois, o que é que você tem, homem de Deus?

— Peguei um tal de Colesterol... E ele me disse com todas as letras que a única solução pra mim é cortar os ovos!