Piadas de Professor

Joãozinho falava tanta besteira na sala de aula que um dia a professora combinou com as garotas:

— A próxima vez que o Joãozinho falar besteira, vocês saem imediatamente da sala!

E no dia seguinte, logo no começo da aula a professora começou:

— Pedrinho, o que você vai ser quando crescer?

— Vou ser médico, professora! Para ajudar os doentes!

— Muito bem! E você, Marquinho?

— Vou ser advogado, professora!

— E você, Joãozinho?

— Quando crescer eu vou ser dono de um puteiro, professora!

Imediatamente as meninas começaram a sair da sala.

— Calma, calma aí suas putas! As vagas ainda não estão abertas!

312
222
90

A professora chega na classe e pede para os alunos fazerem uma frase com Urubu. Depois de um tempo ela começa a perguntar as freses,e começa pela Letícia:

— Qual foi sua frase Letícia?

E ela responde:

— O Urubu tem penas pretas e bonitas!

— Muito bem Letícia. — elogia a professora.

— E a sua Joãozinho? — ela pergunta.

E ele responde:

— Urubu tem pena no cu!

A professora fica muito brava e pede para ele fazer outra. E quando ela terminou de perguntar as frases dos outros alunos, pediu para ouvir a nova frase do Joãozinho.

E ele fala:

— O Urubu tem pena no pé, porque no cu a professora não quer.

136
110
26

Aluno de Direito ao fazer prova oral:

— O que é uma fraude?

— É o que o senhor professor está fazendo — responde o aluno.

O professor fica indignado:

— Ora essa, explique-se.

Então diz o aluno:

— Segundo o Código Penal, "comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar".

43
32
11

— Estava a professora, aquela bem angelical e pura, a dar aulas na sala em que o Joãozinho freqüentava, e perguntou ao próprio:

— Joãozinho, o que é que você mais gosta?

— Eu gosto de tu, professora, de tu!

A professora ficou toda comovida com a resposta do Joãozinho e disse:

— Joãozinho, pela tua resposta, que me deixou muito orgulhosa, vou lhe dar um refrigerante na hora do recreio, qual o seu refrigerante preferido?

— Eu gosto de Tota-Tola, professora!

110
52
58

Durante a sua campanha pelas indiretas, Maluf se enche de coragem e vai visitar uma escola primaria. Para sua surpresa e muito bem recebido pela turma do segundo ano primário. Mas que meninos inteligentes diz ele. E pergunta para a professora o que eles sabem fazer.

— Ah, eles são muito estudiosos. Sabem ler, escrever, geografia, historia, matemática, mas são craques mesmo em conjugar verbos.

— Quero ver, diz Maluf, e pede a um menino para conjugar um verbo. O garoto, todo compenetrado:

Eu malufo

Tu malufas

Ele malufa

Nós malufamos

Vós malufais

Eles malufam.

O ex-governador de São Paulo ficou impressionado e deu uma caneta de presente para o garoto. Depois de visitar a escola toda, encontrou o mesmo menino no recreio chorando num canto. Foi até lá e perguntou:

— Por que‚ que você está chorando?

- É que o sacana do Zé da terceira série, malufou a minha caneta.

26
13
13

Joãozinho estava na escola e depois dos deveres a professora disse:

— Vai ter um trabalho de saúde para amanhã, tragam alguma coisa sobre saúde e eu vou perguntar algumas coisas sobre isso depois.

No dia seguinte Joãozinho chegou na escola e a professora mandou apresentarem os seus trabalhos:

— Mariazinha, o que você trouxe?

— Um bandeide.

— Pra que serve?

— Pra colocar no machucado.

— Quem te deu?

— Minha Mãe.

— O que ela disse?

— Que ia ser o melhor trabalho!

— Joãozinho o que você trouxe?

— Uma mascara de oxigênio.

— Pra que serve isso Joãozinho?

— Pra respirar a força!

— Quem te deu isso menino?

— Minha avó.

— O que ela disse?

— Ela disse: Devolve, peste!

106
85
21

A professora no final da aula pergunta para Mariazinha:

— Do que você tem medo Mariazinha?

A menina responde:

— Do lobisomem professora.

— E você Pedrinho?

— Do bicho-papão, fessora.

— E você Joãozinho?

— Do Malamen.

— Malamen? O que que é esse Malamen?

— Sabe fessora, todas as noites quando minha mãe está rezando ela fala: "E livrai-nos do Mal-amém".

90
60
30

Uma professora em sala de aula começa a perguntar a seus alunos:

— Pedrinho, o que você vai ser quando crescer?

Pedrinho responde:

— Marinheiro.

E você Zezinho:

— Médico.

E você Chiquinho:

— Jogador de futebol.

E você Joãozinho:

— Eu quero ser peludo, professora.

— Peludo, muito peludo, peludão.

E a professora abismada pergunta:

— E porque você quer ser peludo, menino?

E o Joãozinho responde:

— Sabe que é professora, um pouquinho que minha irmã tem, ela sustenta todo mundo lá em casa.

45
-11
56

A professora no fim aula pede para que os alunos tragam para a próxima aula uma frase que contenha uma rima.

No outro dia pede para que os alunos leiam a frase e quando chega a vez de Joãozinho ele diz:

— Lá vai o canguru com uma flor no cu!

E a professora diz:

— Joãozinho, o que é isso? Pode refazer sua frase e nos apresente no final da aula.

E quando chega o final da aula a professora pede para ele ler a nova frase. E Joãozinho em alto e bom som fala:

— Lá vai o canguru com uma flor na bochecha, porque no cu a professora não deixa!

200
150
50

A professora pediu a todos os alunos uma redação em homenagem ao dia das mães cujo tema era: "Mãe, só tem uma". No dia seguinte, todos os alunos haviam redigido seus trabalhos. A professora pediu então para que a Bia lesse sua redação.

— Ano passado eu estava brincando na pracinha quando caí e quebrei a minha perna. Minha mãe passou todos os dias cuidando de mim. Até faltou ao trabalho! Então fiquei boa logo. Mãe, só tem uma!

Então foi a vez de Vinícius ler a sua.

— Eu sempre tive muita dificuldade pra aprender. Tirava notas baixas e sempre ficava de recuperação. Mas aí minha mãe ficou me ensinando e me ajudando até que me tornei um dos melhores de minha turma!

Aí, claro, a vez de Joãozinho.

— Ontem tinha acabado de chegar em casa quando peguei minha mãe na cama com um cara. Ela se assustou mas disse: "Já que está aí, traga duas cervejinhas bem geladas!". Fui até a geladeira e vi que só tinha uma. Então gritei: "MÃE, SÓ TEM UMA!"

222
160
62

Em um barco tinha um pirangueiro, um advogado e uma professora. O advogado perguntou ao pirangueiro:

— Você sabe ler?

E o pirangueiro respondeu:

— Não!

— Você acabou de perder metade de sua vida.

Passado um tempo a professora perguntou ao pirangueiro:

— Você sabe escrever?

E o pirangueiro respondeu:

— Não!

— Você acabou de perder a metade de sua vida.

Passou mais um tempo, lá no meio do rio o barco começou a afundar e o pirangueiro perguntou:

— Vocês sabem nadar?

E os dois responderam:

— Não! Socorro!

E o pirangueiro disse:

— Então vocês acabaram de perder a vida toda!

28
12
16

A professora metida a esperta, faz uma pergunta a um dos alunos:

— Zezinho você sabe qual é o animal que é muito pesado, tem um tromba enorme e na ponta da tromba tem um palito de dente?

Responde Zezinho:

— Que tem um palito de dente na ponta da tromba... não professora, o que é?

Professora:

— É o elefante! O palito de dente no final da tromba é só pra dificultar.

Professora pergunta para Mariazinha:

— Quem sabe qual é o animal que é peludo faz miau e tem uma caneta no nariz?

Mariazinha:

— Que tem uma caneta no nariz, não sei professora.

Professora:

— É o gato! A caneta no nariz é só para dificultar.

De repente a professora ouve uma voz no fundo da sala:

— Professora...

— Sim Joãozinho.

— Já que a senhora se diz tão esperta, me responde essa: O que é uma coisa comprida que é vermelha na ponta que tem duas bolas em baixo e que as mulheres adoram por na boca?

A professora espantada diz:

— Joãozinho já pra fora...

— Não me leve a mal, professora... é o batom!! As bolas em baixo são só pra dificultar...

319
271
48