Saudação do Caipira

13
1
12

O caipira estava tranqüilo, deitado na sala, fumando o seu sagrado cigarrinho de palha e assistindo televisão, quando o seu cumpadre passa e acena pela janela:

— Bom dia, Zé... tudo firme?

Ele vira para o amigo e diz:

— Não, cumpadre... Por enquanto é tudo futebor.