Sena Acumulada

10
-7
17

A moça morava com um sujeito que além de muito grosso, chegava bêbado todos os dias, batia nela e ainda lhe pedia dinheiro emprestado para gastar nos bares.

Um belo dia ela acaba ganhando sozinha na Sena Acumulada e a primeira coisa que faz é se livrar no canalha.

Mas o sujeito não se conforma e vai até a delegacia reclamar os seus direitos. Após ouvir sua história, o delegado olha bem para a cara do salafrário e sentencia:

— Mas você é um tremendo cara-de-pau, hein? É claro que você não tem direito a nada... nem casado com a moça você é...

— Mas doutor, eu ajudei ela a ganhar a grana!

— Ajudou? Como?

— O senhor não concorda que para ganhar na Sena sozinha a pessoa tem que ter um cu desse tamanho?

— Sim...

— Pois então... taí a minha colaboração, doutor!