Piadas Variadas

Dia de prova de zoologia. O professor coloca um pezinho de passarinho sobre a carteira do aluno e ordena:

— Examine isto e me fale qual é a espécie, a qual família pertence e faça um resumo de seus hábitos migratórios!

— Mas como vou saber tudo isso só de olhar pra esse pé?

— Vai levar um zero! Qual é seu nome e a que turma você pertence?

O aluno tira o sapato, mostrando o pé e diz:

— Olha e adivinhe!

101
79
22

Quando Ayrton Senna chegou ao céu, São Pedro foi logo perguntando:

— Como é seu nome, meu filho?

— Ayrton Senna da Silva.

— Ah! Você é aquele piloto da F1, não é?

— Sou eu mesmo.

— Aquele que tinha uma ilha em Angra dos Reis com heliporto, quadra de tênis, praia particular entre outras coisas, mais um jato executivo Learjet 60 de 12 lugares comprado por US$ 19.000.000,00, um helicóptero bi-turbo avaliado em US$ 5.000.000,00 uma lancha Off Shore de 58', uma fazenda em Tatuí e que ganhava US$ 1.200.000,00 por corrida?

— Sou eu mesmo.

— Andava de Audi, Honda NSX e tinha uma DUCATI com seu nome?

— Sim senhor!

— Morava em Mônaco, mas tinha apartamentos em NYC, Paris e viajava quando queria para o Brasil no seu próprio jatinho particular?

— Correto.

— Aquele que até hoje a família é acionista da Audi do Brasil?

— Eu mesmo!

— Aquele que comeu a Xuxa, e a Adriane Galisteu?

— Sim.

— Putz… pode entrar, mas você vai achar o Paraíso uma merda!

90
63
27

Três homens estavam sentados nus na sauna. Um Americano, um Japonês e um Brasileiro. De repente, um bip soa. O Americano pressiona seu antebraço e o barulhinho pára. Os outros olham para ele, curiosos.

— É meu pager, meu aparelhinho de bip, ele fala. Tenho um microchip sob a pele do meu braço.

Poucos minutos depois, um telefone toca. O Japonês ergue a palma da sua mão até sua orelha. Quando ele acaba, explica:

— Esse é meu telefone celular. Tenho um microchip na minha mão.

O brasileiro, sentindo-se decididamente por fora de tanta tecnologia, sai da sauna. Poucos minutos depois retorna com um pedaço de papel higiênico pendurado no rego. Os outros dois erguem as sobrancelhas. E ele diz:

— Tô recebendo um fax...

132
104
28

Um cara chega para o atendente do bar e diz:

— Quero um cigarro!

Assustado com o vozeirão do homem se apressa em dar o cigarro a ele. Quando o homem está saindo do bar ele fala novamente para o atendente:

— Ô seu filho da puta, tá me rogando praga? Quer que eu pare de transar? — diz o homem mostrando o aviso do Ministério da Saúde alertado que fumar causa impotência sexual.

— Desculpe, mais foi sem querer — diz o atendente.

— E você tá esperando o quê pra me dar o cigarro de câncer no pulmão?

37
-3
40

O turco Salim chega ao banco e fala para o gerente:

— Eu quer fazê uma embréstimo!

Surpreso, o gerente pergunta para Salim:

— Você, Salim, querendo um empréstimo? De quanto?

— Uma real.

— Um real? Ah, isso eu mesmo te dou.

— Não, não! Eu querer embrestado da banco mesmo! Uma real!

— Bem, são 12% de juros, para 30 dias...

— Zem broblema! Vai dar uma real e doze zentavos. Onde eu assina?

— Um momento, Salim. O banco precisa de uma garantia. Sabe como é, são as normas.

— Bode begá meu Mercedes zerinha, que tá lá fora e deixá guardado no Garagem da banco, até eu bagá a embréstimo. Tá bom azim?

— Feito!

Chegando em casa, Salim diz para Jamile:

— Bronto, nóis já bode viajá bra Turquia zem breogubazon. Conzegui dexar a Mercedes num garagem do Banco do Brasil bor 30 dias, e eu só vai bagá doze zentavos.

113
98
15

O motorista do táxi disse:

— Olha que mulher bonita! Nossa, ela é um avião!

E o passageiro respondeu, gritando:

— Feia!

O motorista:

— Feia nada! Ela é gostosona pra caramba!

E o passageiro, de novo:

— Feia!!!

— Que feia o quê! Tá louco? — retrucou o motorista.

E o passageiro, aos berros:

— Feia! Feia! Feia!

O motorista, que não estava olhando para a frente, bateu em outro carro. Ficou louco da vida e exclamou:

— Pô, cara! Você viu que eu ia bater! Por que não me avisou?

E o passageiro, histérico:

— Aralho! Eu ava alando há ua hora: feia, feia e ocê não feiô. É... urdo, é? Eu ilho da uta!

159
136
23

Eu conheço outra de tartaruga, e em primeira pessoa:

Eu fui numa festa numa casa enorme, estava muito louca a festa, mas de repente me deu vontade de cagar, os banheiros todos ocupados então resolvi cagar atrás de uma moita no jardim.

Fui lá, me abaixei e caguei, quando fui olhar a merda ela não estava lá! Meu deus! Onde fora para o meu cocô? Olhei pela redondeza e nada! Mas eu tinha certeza que havia cagado! Eu senti saindo!

Fui pra casa com aquilo na cabeça, nem dormi direto e no outro dia de manhã voltei lá para procurar o tal cocô.

Cheguei na casa toquei a campainha e o dono da casa com cara de sono me atendeu, eu falei a ele que havia perdido uma chave no jardim e se eu podia procurar.

Ele respondeu:

— Claro que pode, mas tem muita gente caída até agora no jardim, a festa ontem foi tão louca que até fizeram cocô em cima da minha tartaruga.

39
2
37

O cara passando um trote para a padaria:

— Olá, eu gostaria de falar com o Jorge...

— Ora pois, mas que Jorge?

— Aquele que te comeu atrás armário.

— Ora, mas não era o Mário?

— Caramba, ele também?

66
28
38

— Alô? Quem fala?

— É o Zé.

— De onde, Zé?

— Vidigueira!

— Olha aí, Zé da Vidigueira! Valendo CD da rádio, mais camiseta e boné. Presta atenção: Qual é o nome do país que tem duas sílabas, uma das sílabas serve para comer? Prestou bem atenção? Há um país com duas sílabas e uma das sílabas é muito bom para se comer com uma manteiguinha...

Dez segundos para responder!

— Cuba!

O locutor ficou mudo por alguns segundos...

— Tá certo, Zé! Vais levar o premio pela criatividade. Mas aqui na minha ficha estava escrito Japão...

64
41
23

A fanha foi ao baile, e lá conheceu um cara. Conversa vai, conversa vem, foram para um motel... Lá chegando, iniciaram as preliminares e ela disse, com toda sua dificuldade de articulação:

— Vohê habe, eu hosto de apanhar um houco anhes de huder. Enhão, bahe um pouquinho na miha bunha?

O cara responde:

— Claro, eu te dou umas palmadas nessa tua bundinha gostosa...

Foi um tapa, dois, três... e a fanha diz:

— Bahe mais fohe.

E ele bateu mais forte.

De novo:

— Bahe mais fohe!

E o tapa foi maior.

— Bahe mais fohe!

E toma-lhe palmada.

— Bahe mais fohe!

E o cara achou estranho, mas usou toda sua força para um baita tapão no traseiro da fanha e não satisfeito pegou sua sandália Rider, tamanho 44, embaixo da cama e sapecou no traseiro da fanha com toda força que até rasgou a Rider...

A mulher levanta cambaleando, chorando, pega uma pedaço de papel e uma caneta de sua bolsa e escreve: "Bate, mas fode, porra!"

78
53
25

Dois índios escalam uma montanha. O índio velho vai na frente, seguido pelo índio jovem.

De repente, o índio velho pisa em falso e derruba uma pedra enorme, bem na cara do índio jovem. O velho pergunta:

— Machucou, filho do vento?

— Machucou, filho da puta!

131
81
50

O índio procura o pajé da tribo para reclamar do intestino que não funciona:

— Pajé, índio... cocô... nada!

O feiticeiro prepara um poderoso laxante à base das mais fortes ervas da selva e pede que o índio tome e volte de novo ao nascer do Sol. Na manhã do dia seguinte, o pajé recebe a visita do índio e pergunta:

— E então, bravo guerreiro? Ainda índio... cocô... nada?

— Não, agora índio... nada... cocô!

79
21
58

Um antropólogo vai visitar uma aldeia no meio da floresta amazônica. Chegando lá, uma índia pergunta-lhe cheia de curiosidade:

— Como você conseguiu chegar até aqui?

— Muito simples! Eu vim de helicóptero!

— Helicóptero? Mas o que é isso?

Ele tenta explicar de uma forma bem simples:

— É um negócio que levanta sozinho...

— Ah! Já sei... meu marido tem um helicóptero enorme!

32
11
21

Um casal estava se preparando para ir a uma festa, à noite. A mulher, então, deu ao James, seu mordomo, a noite de folga, dizendo que eles voltariam muito tarde. Como a esposa não estava se divertindo, resolveu voltar para casa sozinha. Quando a mulher entrou em casa, encontrou o James sozinho na sala de jantar. Ela o chamou até o quarto, e virou para ele usando um tom que ele sabia que deveria obedecer:

— James, eu quero que você tire meu vestido.

Ele tirou, suas mãos tremiam, e colocou o vestido cuidadosamente sobre a cadeira.

— James, agora tire minhas meias e minha cinta-liga.

Mais uma vez, ele silenciosamente obedeceu.

— Agora, James, eu quero que você tire meu sutiã e minha calcinha.

Olhar cabisbaixo, James obedeceu. Ambos respiravam profundamente, a tensão entre os dois aumentava.

Ela então olhou com severidade para ele e disse:

— James, se eu pegar você mais uma vez usando minhas roupas, você está despedido!

89
74
15