Piadas Variadas

Um homem e uma mulher discutem:

— Por um milhão de reais você dava para mim?

— Puxa... Bem, por um milhão eu dava sim.

O homem abre a própria carteira, olha e perguntar para a mulher:

— E por 250 reais?

— Tá pensando o que? Que eu sou puta, é?

— Bem, isso a gente já resolveu na primeira pergunta. Agora e só um questão de preço.

12
2
10

Restabelecida a ordem após todos terem verificado que o leão era realmente manso, prosseguiu o espetáculo, justamente com a apresentação do numero do leão. Uma domadora boazuda com biquíni e chicote vai dando o seu show, até que, no clímax do número, ela se deita sobre uma cama, o leão se aproxima rugindo, e com os dentes arranca o biquíni da domadora que fica nuazinha. Ato continuo o leão começa a lambe-la todinha, para delírio da plateia.

Terminados os aplausos, o apresentador desafia:

— Alguém na plateia teria a coragem de se submeter a este número?

Um gaiato se apresenta:

— Eu faço. E só tirar o leão daí!

13
8
5

O vagão do metrô esta lotado e de repente, uma morena vestindo uma calca justíssima no bumbum vira-se para o passageiro bem atrás dela e o adverte a berros:

— Se o senhor não parar de me cutucar com essa coisa ai, eu vou chamar o guarda na próxima estação.

E o passageiro responde com um sorriso malicioso:

— Desculpe-me senhorita, é apenas o meu envelope de pagamento.

— Então, o senhor deve ter o melhor emprego do mundo, porque nos últimos dez minutos seu salário já subiu três vezes.

22
17
5

A Jacqueline Onassis estava lá na Grécia quando recebeu um telefonema dos Estados Unidos. Era sua mãe.

— Oi mamãe, saudades. Como vai a senhora?

— Eu vou bem filhinha... Mas quero saber de você. Como é que vão as coisas por aí?

— Pois é mamãe agora estou na cama com artrite!

— Mas filha... outro grego?

8
2
6

Na última viagem do Papa ao EUA, durante a viagem de avião, ele bebeu muito vinho. Ao descer do avião já disse para seu motorista que iria dirigir e o motorista deixou. O Papa que estava para lá de Bagdah já, na saída do aeroporto bateu o carro em outra limousine. Felizmente não ouve danos corporais para ninguém.

O motorista da outra limousine teve que avisar ao dono dela. Ao telefone ele fala:

— Alô, senhor presidente? Pois é bateram na sua limousine, mas não se preocupe porque ninguém se feriu. Eu já avisei a outro motorista e ele vai passar na Casa Branca e levar o senhor.

O presidente pergunta:

— Quem estava no outro carro?

O motorista responde:

— Vou ser franco senhor Presidente... Era alguém muito importante, para o senhor ver, o motorista dele era o Papa!

11
2
9

O representante da Coca-Cola na Itália foi visitar o Papa:

— Benção, Sua Santidade!

— Deus te abençoe!

— Eu vir aqui propor o seguinte: A Coca-Cola está disposta a doar ao Vaticano 20% do faturamento mundial, caso seja mudada na reza o "Pão nosso de cada dia" por "A Coca-Cola nossa de cada dia".

— O que? — respondeu o Papa — Isto é sacrilégio!

— Mas eu...

— Excomunguem este homem da religião católica!

E, excomungado e humilhado, o cidadão foi embora dali, voltando dois meses mais tarde.

— Benção, Sua Santidade! Vim pedir a comunhão de volta!

— Está realmente arrependido?

— Sim!

— Não vai mais fazer propostas daquele tipo para a igreja?

— Bem, eu ia tentar oferecer 50% do faturamento mundial.

— O que? Saia daqui neste momento. Isto é sacrilégio.

— Tudo bem, eu...

— Ponha-se daqui pra fora!

— Tudo bem...

Mas um ano depois desta lamentável cena, novamente o homem aparece por lá:

— Sua Santidade, vou direto ao assunto: eu quero a comunhão de volta, e a Coca-Cola oferece 80% do faturamento mundial para que o "Pão nosso" seja mudado para a "Coca-Cola nossa".

— Retire-se daqui já! Isto é sacrilégio!

E indo embora o homem, o papa chama o bispo e diz:

— Hum... Bispo, dê uma olhada quando é que acaba nosso contrato com a panificadora da esquina.

19
11
8

Uma certa condessa, muito famosa, processou um sujeito porque este a havia chamado de porca.

Diante do tribunal, o sujeito foi condenado a pagar uma multa. Assim que acabou de fazer o cheque, ele virou-se para o juiz e perguntou:

— Então quer dizer que eu não posso mais chamar uma condessa de porca?

— Isso mesmo! — respondeu o juiz.

— E seu eu quiser chamar uma porca de condessa, tem algum problema?

— É obvio que não!

E virando-se para a condessa:

— Até logo, condessa!

E foi embora.

32
24
8

O sorveteiro, falando bem baixinho:

— Temos sorvetes de creme, chocolate, morango, tuti-fruti e...

Um homem que passava pergunta:

— O senhor tem laringite?

E o sorveteiro responde:

— Não. Só de creme, chocolate, morango, tuti-fruti...

14
2
12

O cowboy deixa o saloon, depois de uns bons tragos, e na hora de montar em seu cavalo descobre que o animal está com os testículos pintados de verde. Furioso, faz meia volta sobre as botas de bico fino, invade o bar e desafia, aos gritos:

— Quem foi o imbecil que fez aquilo com meu cavalo?

Lá no fundo levanta-se um homenzarrão com quase dois metros de altura, barba de uma semana por fazer, dois revólveres na cintura, e berra a plenos pulmões:

— Fui eu! Por que, algum problema?

— Problema nenhum, moço. Eu só vim avisar que a primeira mão de tinta já secou.

31
27
4

Na véspera do nascimento do menino Jesus, São José bateu na porta da enésima estalagem e disse:

— Tem lugar para um casal?

— Não, respondeu o dono do estabelecimento.

— Já viajamos 70 Km e minha mulher vai dar a luz a qualquer momento.

— A situação da sua mulher não tem nada a ver comigo, disse o estranho.

Perdendo a esperança São José resmungou:

— Não tem nada a ver comigo também!

14
-1
15

Moisés estava no Monte Sinai e lhe foram ditados os 10 mandamentos e ele, em voz alta, foi dizendo à multidão, um por um.

Quando chegou no sete, Moisés anuncia:

— Não desejarás a mulher do próximo.

Nesse exato momento, passa-lhe na frente a mulher de dos seus discípulos...

E então Moisés:

— Risca o sete, risca o sete!

10
-4
14

O cacique da tribo, convidado para participar de uma reunião da Funai, viaja para a cidade, de ônibus pela primeira vez. A certa altura da viagem, vira-se para um de seus ajudantes e diz:

— Cacique com sede! Cacique quer água!

O ajudante pegou uma caneca de dentro de uma mochila, foi para o banheiro do ônibus e logo voltou com ela cheia de água. O cacique bebeu com sofreguidão e tornou a lhe estender a caneca:

— Cacique ainda com sede! Cacique quer mais água!

O ajudante tornou a buscar a água.

— Cacique quer mais água!

O ajudante pega a caneca novamente, mas logo volta com ela vazia.

— Que houve? Não tem mais água? — Pergunta o Cacique, irritado.

— Tem sim, mas agora tem um cara-pálida sentado no poço.

15
6
9

Estava um grande hipnotizador, ou melhor o maior hipnotizador do mundo, fazendo uma temporada em um teatro.

Na primeira noite, o hipnotizador entra no palco vira-se para a platéia e diz:

— Chorem!

Todos se puseram a chorar.

Na segunda noite, ele entra e diz:

— Riam!

Todos se puseram a gargalhar.

Na outra noite, ao entrar no palco, o hipnotizador tropeça e solta um sonoro:

— Merda!

Foram necessários 15 dias para conseguir limpar todo o teatro.

17
9
8

Jacó levou Jacozinho para passear no aeroporto. Chegando lá, Jacozinho viu que havia um piloto que fazia passeios em um daqueles aviões antigos, do tipo que é aberto em cima. Fascinado ele pede ao Jacó para ir. Eis que o Jacó vai ao piloto e pergunta:

-Quanto custa este passeio?

— Trezentos reais por quinze minutos de vôo.

— E se eu só quiser voar a metade?

— Só paga a metade.

— E se eu só quiser voar a quarta parte?

— Só paga a quarta parte.

— E se...

Zangado o piloto interrompe e diz:

— Se o senhor conseguir ficar calado o senhor faz um vôo completo e não paga nada, mas, se o senhor falar ou gritar, paga dobrado. O Jacó topa a parada e embarca juntamente com o Jacozinho no banco de trás. O piloto decola e começa a fazer todo tipo de acrobacia que era do seu conhecimento. Depois de meia hora, como o silêncio a bordo era total, ele desiste e pousa.

— Parabéns Senhor Jacó, conheço muito piloto experiente que não agüentou metade destas acrobacias. Confesse para mim, o senhor não teve nem vontade de gritar?

— Bem, lá pela quarta pirueta, quando Jacozinho caiu, eu ainda quis, mas...

8
3
5

O fiscal argumentava com o dono da padaria:

— Mas, o senhor não pode deduzir os gastos com as três viagens que fez a Europa como despesa de negócio.

— Ah! Eu me esqueci de dizer que nós também fazemos entregas a domicílio.

6
-1
7