Piadas Variadas

No meio de uma viagem, a aeromoça pergunta a um passageiro da 1ª classe:

— O senhor aceita um docinho?

— Muito obrigado, mas eu sou diabético.

— Que tal um suco de laranja?

— Não, laranja tem açúcar e eu sou diabético. Depois de ter oferecido tudo e ele nada aceitar, ela avacalha:

— E o que o senhor acha de uma pinga?

Ele, sacando que ela estava curtindo com sua cara, respondeu:

— Não, pinga vem da cana, cana tem açúcar e eu sou diabético.

— Sendo assim, de que forma eu poderia atendê-lo para o senhor sair satisfeito de nosso vôo?

Ele se ergue e fala no ouvido dela:

— Eu quero seu rabo.

Ela, com a maior cara de espanto, responde:

— Mas o senhor é um velho muito atrevido, safado, vou contar ao comandante e ele tomará uma atitude!

E ela foi à cabine de comando e reclamou:

— Comandante, aquele senhor da poltrona 2 disse que queria meu rabo! E eu fui gentil com ele, ofereci-lhe tudo que havia para comer, etc... E agora? O que faremos com aquele velho filho da puta?

— Bom, eu sugiro que você volte lá e dê seu rabo, afinal ele é o presidente desta companhia, é genioso e nosso emprego está nas suas mãos, ou, melhor dizendo, no seu rabo.

E tanto o comandante como o co-piloto gritaram-lhe:

— Confiamos em você!

Ela voltou cabisbaixa e disse para o velho:

— Senhor, vamos lá pro fundo do avião que eu lhe darei o que me pediu.

E ele respondeu-lhe:

— Agora eu não quero mais.

— Como? Eu faço questão de dar...

— Agora é tarde. Você fez cu doce e eu sou diabético.

45
31
14

Um rapaz em São Paulo de passagem resolveu pesquisar o preço de um táxi até o hotel:

— Táxi... Quanto você cobra para me levar até este hotel aqui?

— 50 reais!

— E as malas?

— Ah, as malas são de graça!

— Então leve só as malas, que eu vou andando!

44
28
16

No faroeste o cara chega no saloon com aquela pinta de durão e levantando a camisa mostrando as cicatrizes para o outro cara ele diz apontando a costela:

— Essa foi em Mexico City!

Todos admirando, então ele mostra outra no peito e dispara:

— New York City!

E ele aponta uma nas costas:

— Washington City!

Então mandendo a pose de foda ele mostra uma do lado direito do abdômen:

— Apendicite!

17
-4
21

Um grupo de turistas estava viajando de férias em uma selva da América Central. Acompanhados por um guia, fizeram uma excursão pela mata, até que chegaram a um templo Maia. Um dos viajantes, admirado com o lugar, perguntou ao guia:

— O senhor sabe me dizer se essa construção é muito antiga?

— Sei, é claro. Ela é muito velha!

— Mesmo? E o senhor tem ideia de mais ou menos quantos anos ela tem?

— Tenho sim. Ela tem exatamente 2003 anos, 6 meses e 4 dias.

— Nossa! E como é que você sabe a idade deste templo tão precisamente?

— É fácil. Há 3 anos 6 meses e 4 dias, um grupo de arqueologistas visitou este lugar. Estudaram e examinaram tudo, calcularam e descobriram que esta construção tinha 2000 anos.

24
-88
112

O rapaz resolve reunir toda a família para revelar uma informação de extrema importância. No dia combinado, chegam tios, tias, primos e avós que se espremem na sala, aguardando ansiosamente a notícia. Na hora H, ele aparece e diz:

— É o seguinte, gente! Vou ser curto e grosso: é que o meu médico falou que eu vou morrer daqui a seis meses!

Foi uma choradeira terrível, todos queriam abraçá-lo, beijá-lo e dizer o quanto o amavam, até que alguns minutos depois, outra revelação:

— Gente, calma! Era brincadeira! Eu só queria dizer que eu sou gay!

20
-6
26

Havia três homens no deserto que estavam perdidos há dois dias e quase morrendo de desidratação. De repente encontraram uma grande cabana que estava escrito o seguinte: "Água!" Os três olharam um para o outro e disseram:

— E agora o que vamos fazer? É muito bom para ser verdade, e se for uma armadilha?

— Bem temos que arriscar — disse o outro.

— Vamos morrer do mesmo jeito se não tentarmos — completou o terceiro.

Entraram os três e se depararam com uma mulher muito linda vestida como uma dançarina da dança do ventre. E eles perguntaram para a moça:

— Aqui se dá água?

E a mulher respondeu:

— Sim. É só me acompanhar até aquela pequena cabana.

Logo o primeiro foi para uma pequena cabana com a moça. De repente ouviu-se um grito:

— Aaaaaaaaaaiiiii!

Mas logo o homem parou de gritar e saiu para o deserto bebendo um cantil de água sem esperar pelos outros. Os outros dois que ficaram questionaram dizendo:

— O que foi aquele grito de nosso companheiro???

— Não sei. O que importa é que ele saiu vivo estava tomando sua água — disse o segundo.

Então o segundo foi e entrou na cabana. Mas aí se ouviu gritos enormes:

— Aiiiiiiiii! Aiiiiiiiiii! Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!

O último que ficou pensou em correr para ajudar seu amigo, mas logo o viu sair também com o seu cantil para o deserto. Então ele pensou em fugir, mas a mulher o chamou e disse:

— Você não vem?

— Sim, estou indo. — respondeu o homem. E foi para a cabana com muito medo.

Dentro da cabana o homem perguntou a mulher:

— Olha antes de você me dar água me responda uma coisa: por que o primeiro gritou pouco e o segundo gritou muito?

A mulher respondeu:

— Bem, aqui a tradição diz que se dá água, mas para isso se deve cortar o pênis do homem de acordo com a profissão. O primeiro era lenhador, então usou um machado e cortou seu pênis sem muita dificuldade. Já o segundo era encanador, aí eu tive que torcer até arrebentar.

O homem deu risadas e a mulher perguntou:

— De quê está rindo?

O homem então disse com um sorriso no rosto:

— Sou sorveteiro, então vai ter que chupar até acabar!

64
50
14

Depois de ter um filho, a mulher decidiu que ia botar o nome do menino igual a primeira palavra masculina que escutasse na rua. Derrepente ela ouviu:

— Pênis.

Então ela botou o nome do filho de Pênis. Um tempo depois ela teve uma filha e decidiu fazer a mesma coisa, saiu a rua, a primeira palavra que escutasse feminina seria o nome de menina. Derrepente ela ouviu:

— Perereca.

Botou o nome da filha de perereca.
Após alguns anos, o menino foi para a igreja encontrou uma moça e a cumprimentou:

— Olá.

— Olá.Que menino bonito, qual seu nome?— respondeu a moça.

— Pênis. — o menino respondeu ansioso.

— Credo. Cadê sua mãe? — pergunta a moça.

— Tá cortando o cabelo da perereca!

24
-4
28

Diz o locutor de uma rádio:

— No último censo realizado pelo IBGE, ficou comprovado que a média da estatura brasileira é de 1,71 m e somente 1 a cada 10.000 brasileiros mede acima de 1,90 m.

Ao que alguém comenta:

— E é justamente este filho da puta que senta na minha frente toda vez que eu vou ao cinema!

58
33
25

Um homem, ao passear avistou um índio e foi o ver de perto. Chegando lá o homem viu que o índio estava pelado e lhe deu uma cueca de pano. No outro dia voltou para ver se o índio estava de cueca
e ele estava pelado.

Então perguntou ao índio:

— Cadê a cueca que ti dei?

E o índio respondeu:

— Índio forte, cueca fraca, índio peida, cueca rasga!

O homem então lhe deu uma cueca de madeira. No outro dia o homem voltou e o índio novamente estava sem cueca.

Perguntou-lhe:

— Cadê a cueca?

E o índio responde:

— Índio forte, cueca fraca, Índio peida, cueca racha!

O homem, para resolver o problema, lhe dá uma cueca de ferro. No outro dia o homem voltou e o índio estava sem cueca.

Então perguntou-lhe:

— E agora? Cadê a cueca?

E o índio responde:

— Índio fraco, cueca forte, índio peida, o cu explode.

274
12
262

O Cebolinha curioso para saber qual a diferença entre meninos e meninas tirou a sua blusa pediu para Mônica tirar a dela também e viu que não tinha nada de diferença. Então Cebolinha tirou o calção e pediu para Mônica tirar a sainha e ainda nada de diferença.

Quando a Mônica começou a tirar a calçinha o Cebolinha gritou:

— Pala, pala, pala. Minha difelença ta ficando dula!

42
25
17

O pé vira-se pro pinto e fala:

— Você é que leva a vida... fica aí na boa, se encostando nas mulheres... enquanto eu fico aqui, dentro deste sapato apertado, fedendo, cheio de frieiras...

— Há há! — responde o pinto. — Você tá mal-informado mesmo. Pois saiba que o meu dono me pega, me soca num monte de de buraco escuro, daí parece que se arrepende e fica me tirando e pondo, tirando e pondo.

E vai assim um tempão, no meio de uma gritaria infernal, até que eu fico tonto, vomito e desmaio!

67
45
22

O dono de um circo está fazendo entrevistas com jovens procurando novos talentos para seu espetáculo. Ele inicia a entrevista com um deles:

— Bom dia! Mas o que você faz de especial e que seria interessante pra o nosso público?

O jovem responde:

— Eu sou o melhor imitador de pássaros do mundo!

O dono do circo já interrompe o jovem:

— Sinto muito, mas imitar pássaros não é uma coisa que vai entreter a nossa plateia.

Xingando muito, o rapaz levantou voo e foi embora!

37
12
25

O rapaz todo galante, ao ser apresentado para aquela gata maravilhosa:

— Puxa, sua mão é tão lisa! — elogia.

— É que eu eu uso luvas há pelo menos cinco anos.

— Então me explica, como é que eu uso cueca há quase vinte anos e o meu saco é todo enrugado?

39
23
16

O homem morre e sobe feliz ao céu. Passados uns 150 anos de vida eterna no Paraíso, ele resolve pedir uma audiência a São Pedro, que o atende numa sala com uma enorme janela com vista para o Inferno.

— Olhe, São Pedro, sinceramente, eu estou muito bem aqui, não posso reclamar, mas às vezes olho para o pessoal lá no inferno e me pergunto se eles não têm uma vida mais divertida.

E, apontando com o dedo através da janela, continuou:

— Por exemplo, repare naquele sujeito lá embaixo. Ele esta numa boa, sentado num barzinho, bebendo uma cervejinha e acompanhado por uma bela mulher.

— Mas, meu filho — disse São Pedro, sorrindo — você não percebe que aquilo é parte do castigo?

— Castigo? O que isso tem de castigo, São Pedro? — perguntou o homem.

— A garrafa de cerveja tem um buraco por baixo, se ele levantá-la da mesa, o líquido vai derramar no chão e ele não vai beber nada. — explicou São Pedro.

— E aquela mulher? — voltou a perguntar o homem.

— A mulher? Ela não tem buraco nenhum!

36
25
11