Piadas de Velhos

35
30
5

Julgamento da Velhinha

Dia 8 de abril, em um tribunal de São Paulo, uma velhinha começava a responder às perguntas:

— Qual o seu nome?

— Camila Vando.

— Idade?

— Tenho 67 anos.

— Dona Camila, onde a senhora estava há uma semana atrás? E diga-nos o que aconteceu.

— Eu estava sentada no banco de uma praça, dando comida aos pombos quando surgiu um jovem e se sentou ao meu lado.

— Você o conhecia?

— Não... Nunca tinha visto antes.

— O que ele fez?

— Ele começou a conversar comigo e logo acariciou a minha coxa.

— A senhora o deteve?

— Não.

— Por que não?

— Foi agradável... Ninguém nunca mais havia feito isso depois que o meu marido, que Deus o tenha, morreu.

— E depois? O que aconteceu?

— O levei para minha casa, o convidei para fazermos tricô, tomamos uns drinks, e então, ele começou a acariciar meus seios.

— A senhora tentou evitar?

— Não.

— Por que não?

— Porque me fez sentir excitada... Não me sentia assim há anos!

— O que aconteceu depois?

— Eu comecei a abrir as pernas suavemente, e disse: "Me possua!"

— Ele a possuiu?

— Não... ele gritou: "Primeiro de Abril"! Foi aí que eu abri a gaveta, puxei o revólver do falecido e dei o tiro nele!

31
18
13

Matrícula na Academia

Um homem entra para um clube de nudismo muito exclusivo. No seu primeiro dia ele tira as roupas e vai dar uma volta pelo clube. Uma linda loirinha passa por ele, e o cara imediatamente tem uma ereção. A mulher percebe a ereção, aproxima-se, e dirigindo-se a ele diz:

— Você chamou por mim?

O homem responde:

— Como assim?

Ela diz:

— Você deve ser novo no clube... deixe-me explicar, é uma regra aqui, que se você tiver uma ereção, fica implícito que você está chamando por mim!

Sorrindo, ela o leva para o lado da piscina, deita-se em uma toalha, puxa-o para si e deixa-o transar gostosamente com ela. O homem continua a explorar as dependências do Clube. Ele entra na sauna e, ao sentar-se, peida. Em minutos aparece um cara forte, peludo, saindo da nuvem de vapor,dirige-se a ele e diz:

— Você chamou por mim?

Ele responde surpreso:

— Eu não, o que você quer dizer?

— Você deve ser novo aqui — diz o cara peludo — é uma regra do clube que se você peidar, fica implícito que você está chamando por mim...

O cara, fortão, facilmente vira ele de costas, curva-o para a frente e o enraba. O novato cambaleia para o escritório do clube, onde é recebido com um sorriso pela simpática atendente pelada:

— Posso ajuda-lo, senhor?

O cara diz, puto da vida:

— Aqui está minha carteira do clube. Pode ficar com ela. E pode ficar com os R$ 5.000,00 da matrícula.

— Mas, senhor — ela responde — o senhor só esteve aqui por algumas horas. Ainda nem deu para o senhor conhecer todos os nossos atrativos...

O homem responde:

— Olhe aqui, mocinha, tenho 68 anos de idade, tenho apenas uma ereção por mês, mas peido umas 15 vezes por dia.

33
28
5

No McDonald’s

Um casal de velhinhos entra no McDonald’s e pede um lanche, um pacotinho de batatas fritas, um copo de refrigerante e um copo vazio a mais.

Quando a comida chega, o velho reparte o lanche exatamente ao meio, divide o pacote de batatas exatamente ao meio,contando uma por uma, e divide o refrigerante em dois copos. O velho começo a comer seu lanche, enquanto a velhinha ficava apenas olhando.

Um homem, muito comovido com a cena, falou:

— Como pode um casal como vocês dividir um lanche tão pequeno? Se vocês quiserem, eu compro mais um lanche pra vocês com o meu dinheiro.

O velhinho responde, de boca cheia:

— Não, não precisa, eu e minha mulher já estamos acostumados a dividir a coisas.

— Está bem.

O homem repara um detalhe e só por curiosidade resolve fazer mais um pergunta:

— E você, minha senhora, não vai comer sua metade do lanche?

— Ah não, não. Agora é a vez do meu marido usar a dentadura.

49
43
6

Badaladas do Sino

Devido ao falecimento do avô aos 95 anos, o jovem foi fazer uma visita de pêsames à sua avó de 90 anos.

Ao chegar, encontra a anciã chorando e tenta confortá-la. Um pouco depois, ao vê-la mais calma, pergunta:

— Vovó, como morreu o vovô?

— Morreu ao fazermos amor...

O neto , espantado, responde que as pessoas de 90 anos ou mais, não deveriam fazer amor porque é muito perigoso.

Ao que a avó responde:

— Mas nós só fazíamos aos domingos, já há cinco anos, e com muita calma, ao compasso das badaladas do sino da Igreja. Era ding para introduzir e dong para tirar... Se não fosse o filho da puta do sorveteiro com o seu sininho o seu avô ainda estaria vivo!

10
-10
20

50 Anos

Um casal de velhotes resolveu ir comer ao mesmo hotel e dormir no mesmo quarto onde tinham passado a noite de núpcias para festejar os 50 anos de casados. No meio da refeição diz a velha:

— Ai Antônio, não é que estou a sentir os mesmos calores no peito que senti quando cá estivemos há 50 anos!

— Oh maldita, vê mas é se tiras as mamas da sopa!

32
25
7

Homem de Chapéu

Na platéia, estimulada pelo filme de sacanagem, uma garota faz sexo oral com um rapaz de chapéu. Estão tão animados que o filme acaba, acendem-se as luzes e os dois continuam. Finalmente se tocam— o sujeito tira o chapéu e cobre o colo, enquanto a garota finge procurar alguma coisa no chão:

— Cadê? Cadê?

Uma velhinha, que não tinha perdido um lance, responde:

— Se você não engoliu, tá debaixo do chapéu!

69
35
34

Velhinhas Esquecida

Três velhinhas estavam comentando sobre seus problemas de velhice.

A primeira disse:

— Eu estou tão esquecida, mas tão esquecida, que quando eu estou de pé ao lado da cama, eu não sei se eu acabei de acordar ou se eu estou indo dormir.

A segunda disse:

— Eu estou tão esquecida, mas tão esquecida, que quando a porta da geladeira esta aberta, eu não sei se eu acabei de guardar alguma comida ou se eu estava indo pegar alguma comida.

A terceira, dando três batidinhas na madeira, fala:

— Isola, Deus que me livre. Eu não quero ficar assim não.

E continuou:

— Já volto. Esperem aí que eu vou abrir a porta pois alguém esta batendo.

13
4
9

Banheiros Ocupados

Por não achar um banheiro desocupado, no trem em que viajava, desesperado recorre ao amigo. O que eu faço estou apertado e os banheiros estão ocupados, não agüento mais.

— A janela é a sua salvação. — Disse o amigo.

Então foi para um vagão desocupado, meteu a bunda na janela e fez ali mesmo...

Duas velhinhas que estavam a ver o trem passar, quando viram a cena, uma disse a outra:

— Nossa olha o tamanho do charuto daquele cavalheiro.

Responde a outra mais indignada ainda:

— O tamanho do charuto não é nada, o estranho é a cara que ele está fazendo!

23
10
13

Exibicionista

Uma velha feia entra na delegacia.

— Vim dar uma queixa. Na porta da igreja, tem um homem exibicionista, nu debaixo de uma capa. E quando eu passei ele abriu a capa, vi que ele tinha um instrumento enorme e duro e me disse:

— Vamos fazer um amorzinho beleza?

— Eu acho que ele está bêbado ou é maluco.

O policial levanta os olhos, vê a mulher, abaixa os olhos novamente e diz:

— É a senhora tem razão.

10
-11
21

Ritmo da Campanhia

Dois velhos estavam conversando:

— O cumpadre cê num sabe que que aconteceu semana passada.

— Que que foi cumpadre?

— E que eu e minha velha fazemos amor de acordo com a campainha da igreja: Tlim... dom.

— E que que tem cumpadre?

— E que um dia o padeiro passou , parou em frente da nossa casa e ficou: Tlim... dom... tlim... dom... tlim... dom...

55
48
7

Ficando Surda

Um idoso telefona ao médico para marcar uma consulta para a sua mulher.

A atendente lhe pergunta:

— Qual o problema de sua esposa?

— Surdez. Ela não esta ouvindo quase nada.

— Então o senhor vai fazer o seguinte: antes de trazê-la, fará um teste, para facilitar o diagnostico do médico. Sem que ela esteja olhando, o senhor, a uma certa distância, falará em tom normal, até que perceba a que distância ela consegue ouvi-lo. Então quando vier, dirá ao médico a que distância o senhor estava quando ela o ouviu. Certo?

— Está certo!

À noite, quando a mulher estava preparando o jantar, o velhote decidiu fazer o teste. Mediu a distância que estava em relação à mulher. E pensou: Estou a 15 metros de distância. Vai ser agora!

— Maria... o que temos para jantar?

Nada, silêncio. Aproxima-se 5 metros:

— Maria... o que temos para jantar?

Nada, silêncio. Fica à distância de 3 metros:

— Maria... o que temos para jantar?

Silêncio. Por fim, encosta-se às costas da mulher e volta a perguntar:

— Maria! O que temos para jantar?

— Frango! É a quarta vez que eu respondo!

35
20
15

Dando Duas

O velhinho de 70 anos foi fazer um check-up com seu médico e durante os exames reclamou ao médico que estava com um problema sério:

— Doutor, estou com um problema grave! Quando faço amor com minha esposa, nem sempre consigo ir para a segunda.

O médico riu e disse:

— Ora, meu senhor, na sua idade a primeira já merece aplausos.

O velho insistiu:

— O pior doutor e que na primeira eu sinto calor e na segunda eu sinto frio.

O médico ficou curioso e resolveu dar atenção ao velho:

— Tudo bem, meu senhor! Então vejamos, qual o intervalo médio entre a primeira e a segunda?

O velhinho respondeu:

— Bom, a primeira eu dou em Janeiro e a segunda em Julho.

21
9
12

Cuidado Com os Ovos

Estava a velhinha sentada no ônibus com um pacote ao seu lado. A medida que a viagem transcorria o ônibus cada vez mais cheio, até que o último banco disponível era aquele do lado da idosa senhora. Na outra parada embarca um outro passageiro, um rapaz bem apessoado que vendo o único banco vazio vai direto para lá e se prepara para sentar. Nisto a idosa senhora se pôs a falar:

— Cuidado com os ovos, meu filho, cuidado com os ovos!

Aí que o rapaz nota o pacote sobre o banco e apressadamente pede desculpas a senhora dizendo:

— Oh, mil perdões, eu não tinha visto o seu pacote com ovos no banco!

A velha prontamente retruca:

— Não são ovos meu filho, é um saco de pregos.

100
79
21

O Velho e o Punk

Um velho entra no ônibus e senta na frente de um punk com mechas verdes, vermelhas, azuis, amarelas. Ele fica olhando para o punk por muito tempo. O punk já irritado pergunta para o velho:

— O que foi vovô? Nunca fez nada de diferente quando era jovem?

— Fiz sim! Uma vez eu transei com uma arara. Só que agora estou pensando: "Será que esse filho-da-puta é meu filho?"

70
41
29

O Velho e o Espermograma

Atendendo a uma prescrição médica, como parte de um check-up, um velho nos seus 85 anos precisou fazer um exame de contagem de esperma. O doutor deu a ele um potinho e disse:

- Leve isso para casa e me traga de volta amanhã, com uma amostra de esperma.

No dia seguinte, o velho voltou ao consultório e devolveu-lhe o pote, que estava limpo e vazio como no dia anterior. O médico perguntou o que aconteceu e o velho explicou:

- Bem, doutor, foi o seguinte… primeiro, eu tentei com a mão direita, e nada. Depois, tentei com a mão esquerda, e nada ainda. Daí, eu pedi ajuda à minha mulher. Ela tentou com a mão direita, com a esquerda, e nada. Tentou com a boca - primeiro com os dentes, e depois, sem eles, e nada. Nós chegamos a chamar Marilda, a nossa vizinha de porta, e ela também tentou. Primeiro, com as duas mãos, depois, com o sovaco e, por último, até mesmo espremendo entre os joelhos, e nada.

O médico, chocado:

- Vocês pediram ajuda à vizinha?

O velho respondeu:

- Foi. Mas nenhum de nós conseguiu abrir o potinho.