Os Vigaristas

Vendendo Laranjas

23
7
16

O menino vendendo laranjas num cruzamento ficava gritando:

— Óia a laranja! Óia a laranja!

Ao que um senhor perguntou:

— É doce?

— Claro que não, moço! Senão eu ia tá gritando: Óia o doce!