Fogo em Roma

Joãozinho estava fazendo a maior bagunça na classe e a professora de história resolve lhe aplicar uma reprimenda.

— Joãozinho, levante-se! Chamada oral!

Apavorado, ele levantou-se com as pernas tremendo.

— Quem foi que colocou fogo em Roma?

— Não fui eu, professora!

A professora ficou muito invocada e deu-lhe um zero. No dia seguinte, a mãe dele aparece na porta da escola para tirar satisfação.

— Eu queria saber — perguntou para a professora. — por que a senhora deu zero para o meu menino?

— É que eu perguntei para ele quem pôs fogo em Roma e ele me disse que não era ele!

E a mãe:

— Olha, dona! O meu menino pode ser meio malcriado, mas não tem mania de mentir! Se ele diz que não foi ele é porque não foi mesmo!

37
14
23