Piadas de Velhos

41
13
28

Aniversário de 76 Anos

No dia em que Zé completava seu aniversário de 76 anos ele resolveu que iria ficar nu em casa durante o dia inteiro. Em um certo momento ele para na frente do espelho e olhando sua cabeça começar a falar:

— Parabéns cabeça, que me deu tantas ideias durante a vida, você faz 76 anos.

Depois olhando seus braços ele diz:

— Parabéns braços, vocês que me ajudaram a escrever tantas histórias, vocês fazem 76 anos.

Depois olhando suas pernas ele diz:

— Parabéns pernas, que me levaram a vários lugares e me susteram essa vida toda, vocês fazem 76 anos.

Depois olhando para seu bilau ele finaliza:

— É meu amigo, se você estivesse vivo faria 76 anos.

32
7
25

Motivo do Tapa

Um casal de velhinhos que se casaram ainda muito jovens está sentado na porta de um asilo, quando a mulher se levanta e dá um tapa na cara de seu companheiro:

— Por que você fez isso? — perguntou o velho.

— Isso é por você ter me dado todos esses anos de sexo ruim! — respondeu a velha.

Passa-se 5 minutos, o velho se levanta e dá um tapa tão forte na velhinha que ela quase cai da cadeira.

— Por que você fez isso?

— Isso é por você saber a diferença entre sexo bom e sexo ruim!

50
35
15

Pedido da Velhinha

Eu estava fazendo compras em um supermercado e uma velhinha me seguia pelas gôndolas empurrando seu carrinho e sempre sorrindo. Eu parava para pegar algum produto, ela parava e sorria: uma graça a velhinha! Já na fila do caixa, ela estava na minha frente com seu carrinho abarrotado, sorrindo:

— Espero não tê-lo incomodado, mas você se parece muito com meu falecido filho...

Com um nó na garganta, respondi não haver problema, tudo estava bem.

— Posso lhe pedir algo incomum? disse-me a senhora idosa.

— Sim. Se eu puder lhe ajudar...

— Você pode se despedir de mim dizendo "Tchau, mamãe, nos vemos depois"? Assim dizia meu filho querido... ficarei muito feliz!

— Claro senhora, não há nenhum problema, disse eu para alegria da velhinha.

A velhinha passou suas compras pela caixa registradora, empurrou o carrinho cheio com certa dificuldade, se voltou sorrindo e, agitando sua mão, disse:

— Tchau meu filho...

Cheio de amor e ternura, lhe respondi efusivamente:

— Tchau mamãe, nos vemos depois?

— Sim... nos vemos depois querido!

Contente e satisfeito com o pouco de alegria dado à velhinha, passei minhas compras.

— R$ 688,00, disse a moça do caixa.

— Tá louca? Um sabonete, duas pilhas e um desodorante ?

— Mas as compras da sua mãe...ela disse que você pagaria!

— Velhinha filha da puta!

31
2
29

Viagra no Café

A família estava à mesa para almoçar. E os garotos querendo sacanear com o avô colocaram viagra no café dele.

Passados alguns minutos o avô levanta-se e anuncia que precisa de ir ao banheiro. Quando regressa passados uns minutos, tem as calças ensopadas...

— O que é que aconteceu, vô?

— Sinceramente não faço ideia. Precisei mijar, tirei o pinto para fora, vi que não era o meu e voltei a colocá-lo para dentro...

26
19
7

Limite de Velocidade

Um guarda rodoviário manda parar um carro que estava em baixíssima velocidade em uma cidade. Quando se aproxima, nota que dentro dele há quatro velhinhas. Com toda delicadeza, diz para a motorista:

— Minha senhora, me desculpe, mas a senhora não pode dirigir tão devagar em uma estrada como esta.

— Mas é a velocidade limite, seu guarda. Estava na placa lá atrás: BR-40.

— A placa era o número da estrada, minha senhora!

Então, o guarda percebe que as outras passageiras estão com os olhos esbugalhados. Preocupado, pergunta:

— E suas amigas, o que é que elas têm? Estão passando bem?

— Ah, seu guarda! É que eu acabei de sair da BR-260!

51
38
13

Herança da Avó

A vovó está morrendo e manda chamar o neto:

— Meu querido, vou morrer em breve, mas quero que você saiba que vou te deixar minha fazenda, os tratores e debulhadoras, os cavalos, vacas, cabras e muitos outros animais, o estábulo e todas as plantações, além de R$ 2.450.000. Cuide de tudo com muito carinho.

— Vó, eu nem sabia que a senhora tinha uma fazenda. Onde fica?

A avó dá um último suspiro antes de morrer e responde:

— No Facebook!

30
13
17

Motivo Para Separação

Um casal muito velho estava no advogado querendo se separar. O advogado, sentindo-se mal pela situação, disse:

— Ora pessoal, pensem bem, vocês já tem 89 anos de casados! Querem se separar agora por causa de uma briga boba?

— Não é briga boba, meu senhor — alega a senhora —, o problema aqui, é que este velhinho só tem uma ereção por ano!

— E ela ainda quer que eu desperdice com ela! — completa o velho.

29
18
11

O Senhor Tem Sífilis

Dois velhos, ambos já bem surdos, vão a um médico pois um deles não estava bem. O médico constata:

— O problema do senhor é sífilis e deve tomar elixir 914!

O velho doente após sair do consultório pergunta:

— O que foi mesmo que ele disse?

O amigo responde:

— Ele disse que sua doença é chifre. E é desde 1914!

43
33
10

Oferecer Pro Santo

Chegou um cara no bar e gritou:

—Aí? Me dá uma pinga !

O balconista encheu o copo e advertiu:

— Aqui todo mundo que toma pinga joga um pouco no chão e oferece pro santo!

O freguês deu uma banana com o braço.

— Aqui, ó! Pro santo eu dou uma banana!

No mesmo instante o braço do cara endureceu de tal forma que não se mexia.

— O que aconteceu? - gritou o homem, desesperado.

— O senhor ofendeu o santo e ele te castigou.

Mas como é a primeira vez que o senhor vem ao bar, vou resolver isso. O balconista chamou todos os fregueses e pediu que rezassem. O braço do sujeito foi voltando ao normal.

Um velhinho viu tudo e ficou impressionado. Foi ao balconista, pediu uma pinga e tomou de uma vez.
O balconista perguntou:

— E pro santo?

O velhinho abaixou as calças e tirou pinto pra fora:

— Aqui pro santo!

O danado endureceu na hora. O velhinho sacou uma arma e gritou:

— Se alguém rezar aqui, morre!

21
-11
32

Banco Ocupado

A velhinha chega na pracinha e ao ver seu banco preferido ocupado por um homem vira pra ele e diz:

— Você está no meu lugar! Sabe que eu sento aí todo fim de tarde.

O homem responde com toda educação:

— Isso foi antes nas novas regras gramaticais. Não lê o jornal? Este ano "mocreia" perdeu o acento!

161
9
152

Disputa na Fila

Duas senhoras chegam ao mesmo tempo no caixa do banco, com muita pressa. Uma dizia:

— Primeiro eu, ainda tenho que levar as crianças para a escola!

A outra retrucava:

— Primeiro eu, que moro mais longe!

O caixa, muito esperto, resolveu acabar com a briga dizendo:

— Primeiro eu vou atender a mais velha!

As duas se olharam e disseram:

— Sua vez! Pode ir!

— Não. Primeiro você. Não ouviu o moço dizer?

19
10
9

Recomendando Sexo

Uma velhinha de 82 anos, em uma consulta médica de retorno, ouve seu médico:

— A senhora precisa de mais atividade cardiovascular, mais atividades físicas, então eu recomendo que a senhora faça mais sexo, pelo menos 3 vezes por semana.

— Doutor, o senhor poderia dizer isso ao meu marido, ele está ali na sala de espera? Pergunta a velhinha.

— Claro que sim, mande-o entrar.

O velhinho de 85 anos foi chamado e, ao entrar no consultório ouve a explicação do médico:

— A sua senhora precisa de mais atividade cardiovascular e eu recomendo que ela faça sexo pelo menos 3 vezes por semana.

O velhinho pergunta:

— E quais seriam esses dias?

— Olha, eu acho que segunda, quarta e sexta-feira seria o ideal. Responde o médico.

O velhinho para, pensa um pouco e conclui:

— Olha doutor, na segunda e na quarta-feira eu posso trazê-la, agora na sexta ela vai ter que vir sozinha de ônibus.

38
30
8

Pegar nos Seios

Numa praia, um velhinho chega para uma loiraça de tanguinha e pede descaradamente:

— Posso pegar nos seus seios?

— Sai pra lá, velho pervertido! — Responde a moça.

— Quero pegar nos seus seios. Eu pago 50 reais!

— 50 reais? — Indignada, a moça completa — Você acha que eu sou o quê?

— Me deixe apalpar seus seios e eu lhe dou 100 reais!

— Sai pra lá, velho! — Desconversa a moça.

— E se eu der 500 reais? — Propõe o velhinho.

A moça dá um tempo, e responde:

— Não. Eu disse não!

— Eu lhe dou 1000 reais!

A moça pensa consigo: "Ele é velho, parece inofensivo... vou aceitar esses 1000 reais", e responde:

— Tudo bem... Mas só por 30 segundos.

O velhinho se aproxima, pega os fartos seios com as duas mãos em concha e, apalpando-os exclama:

— Oh, meu Deus... Oh, meu Deus... Oh, meu Deus...

A moça, intrigada, pergunta:

— Por que é que você não para de dizer "Oh, meu Deus"?

E o velhinho, sempre amassando os seios, responde:

— Oh, meu Deus... Onde é que eu vou arrumar 1000 reais?

68
58
10

Velhinho Chorando

Um homem de seus 70 anos está sentado num banco, chorando. Um sujeito chega e pergunta o que aconteceu. O velhinho responde:

— Estou apaixonado por uma moça de 22 anos...

— E o que tem isso de ruim? — pergunta o sujeito.

Soluçando, o velhinho responde:

— Você não vai entender. Todo dia, antes de ela sair para o trabalho, nós damos uma trepada. Na hora do almoço, ela volta para casa, nós transamos mais uma vez e ela prepara um dos meus pratos preferidos. De tarde, quando ela tem um tempinho, ela volta para casa para uma chupetinha — e olha que ela entende do assunto! E de noite, nós transamos a noite toda.

O velhinho para, incapaz de prosseguir. O sujeito abraça o velhinho e diz:

— Parece—me que vocês tem um relacionamento perfeito. Por que então o senhor está chorando?

O velhinho responde:

— Esqueci onde eu moro!

43
36
7

Um Bola de Sorvete

É um casal de 80 anos, que está começando a ter problemas de memória. Eles vão ao médico para ser examinados. O médico faz um check-up e diz aos velhinhos que não há nada de errado com eles, mas que seria bom ter um caderninho para anotar as coisas.

À noite, quando estão os dois assistindo TV, o velhinho levanta e a mulher pergunta:

— Onde você vai?

— À cozinha — responde ele.

— Você não quer me trazer uma bola de sorvete? — pede ela.

— Lógico! — responde o marido solícito.

— Você não acha que seria bom escrever isso no caderno? — pergunta ela.

— Ah, vamos! Qualé? Ironiza o velhinho — Eu vou me lembrar disso!

Então ela acrescenta:

— Então coloca calda de morango por cima. Mas escreve para não ter perigo de esquecer.

— Eu lembro disso, você quer uma bola de sorvete com calda de morango.

— Ah! Aproveita e coloca um pouco de chantili em cima! — pede a velha — Mas lembre-se do que o médico nos disse... escreva isso no caderno!

Irritado, o velhinho exclama:

— Eu já disse que vou me lembrar!

Em seguida vai para a cozinha. Depois de uns vinte minutos, ele volta com um prato com uma omelete. A mulher olha para o prato e diz:

— Eu não disse que você iria esquecer? Cadê a torrada?

16
5
11

Esquecimento da Velhinha

Duas velhinhas bem velhinhas estão jogando sua canastra semanal. Uma delas olha para a outra e diz:

— Por favor, não me leve a mal. Nós somos amigas há tanto tempo e agora eu não consigo me lembrar do seu nome, veja só a minha cabeça. Qual é o seu nome, querida?

A outra olha fixamente para amiga, por uns dois minutos, coça a testa e diz:

— Você precisa dessa informação para quando?

25
20
5

Velhinho Insaciável

No quarto dia da lua-de-mel, a noiva de 21 anos já não aguenta mais a extraordinária performance do marido, de 75 anos. Para dar um tempo, aproveita que ele foi ao banheiro e desce ao bar do hotel.

A garçonete que atende o casal desde que eles haviam se hospedado fica assustada com a aparência da moça:

— Está com o aspecto terrível, meu bem, bem diferente de quando chegou. Afinal, o que está acontecendo?

— Nada, nada, apenas um mal-entendido — suspira a recém-casada. — Quando ele me disse que há cinquenta anos vinha economizando, eu pensei que estava falando de dinheiro.

28
23
5

Viagra no Lanche

Uma velhinha vai ao médico pedindo para que ele ajude a revigorar o apetite sexual de seu marido para reviver os bons e velhos tempos.

— Que tal se tentarmos o Viagra? — arrisca o médico.

— Ah, não tem jeito, doutor... Meu marido não toma nem Aspirina para dor de cabeça.

— Não tem problema! — retruca ele — Misture o Viagra no lanche que ele mais gosta, sem que ele perceba e volte daqui a uma semana para me contar como foi.

Na semana seguinte, a velhinha volta ao médico dizendo:

— Ai, doutor! Foi horrível! Foi horrível!

— Mas o que aconteceu? — pergunta ele, assustado — A senhora seguiu minhas instruções?

— Sim, doutor... Fiz tudo como o senhor disse, misturei o Viagra no lanche sem que ele soubesse... Mas, doutor, o efeito desse negócio é muito rápido! No meio do lanche ele já levantou da cadeira, me jogou em cima da mesa, tirou minha roupa e transou comigo loucamente... Mas foi horrível, doutor... Horrível...

— Mas por que foi horrível? — insiste o médico — O sexo não foi bom?

— Foi o melhor sexo que já tivemos em 35 anos, doutor...

— Então qual o problema, minha senhora?

— Ai, doutor... Depois dessa acho que nunca mais vou ter cara pra entrar no McDonald's!

47
41
6

Viagra Líquido

Uma mulher, do alto dos seus bem conservados 50 anos, foi ao ginecologista com uma reclamação muito comum entre as mulheres dessa idade:

— Doutor, meu marido, depois de quase vinte anos de casamento, perdeu o interesse por min e não me procura mais. O que eu faço?

— Está vendo este frasco? É um remédio experimental, muito mais concentrado que o Viagra e, que por vir na forma líquida, é mais prático para ser administrado sem o conhecimento da pessoa. Agora faça o seguinte: pingue apenas uma gota no jantar do seu marido e você verá resultados em breve. Mas é importante: apenas uma gota!

— Volte daqui a duas semanas para me informar os resultados.

A mulher foi toda esperançosa para sua casa e, naquela mesma noite, colocou uma gotinha no prato de seu marido. Milagre! Aquela noite ele a procurou e transaram como coelhos!

Na segunda noite, excitada demais para se conter, resolveu experimentar duas gotinhas... E foi recompensada com a melhor noite de sua vida toda!

Na terceira noite, virou o conteúdo todo do frasco na comida...

Quinze dias depois, como não tinha notícias de sua paciente, o médico resolveu ligar para sua casa. Quem atendeu foi o filhinho:

— Bom dia, garoto. Sou o médico de sua mamãe, estou ligando para saber se está tudo bem aí na sua casa.

O menino respondeu:

— Bem não está não. A mamãe morreu com um sorriso estranho na cara, minha irmã fugiu, a empregada está grávida e o papai está no quintal há 2 horas falando: "Vem Totó, vem..."

17
14
3

Receita de Viagra

Aquele septuagenário estava vestindo o casaco quando sua esposa perguntou:

— Onde você vai?

— Vou ao médico, respondeu ele.

E ela:

— Por que? Você está doente?.

— Não. Vou ver se ele me receita esse tal de Viagra.

A esposa levantou-se da cadeira de balanço e tratou de vestir o casaco.

Ele perguntou:

— Onde você vai?

— Ver o médico também.

— Por que?

— Porque se você vai começar a usar essa coisa velha e enferrujada acho melhor tomar uma antitetânica.

24
17
7

Conhecendo o Asilo

Um homem levou o seu pai velhinho para um asilo de idosos. Lá chegando, sentou o velhinho num sofá, na sala de espera, e foi à recepção falar com os atendentes.

O velhinho começou a pender, vagarosamente, para a esquerda. Um médico passou por perto e disse:

— Deixe-me ajudá-lo.

O médico empilhou vários travesseiros no lado esquerdo do velhinho para ajudá-lo a manter-se ereto.

O velhinho, então, começou a pender, vagarosamente, para a direita. Um funcionário percebeu e empilhou mais diversos travesseiros no lado direito ele.

O velhinho, daí, começou a pender para frente. Então, passou por ali uma enfermeira que empilhou vários travesseiros na frente dele. A essa altura, o filho retorna:

— E então, pai, este parece um lugar agradável, não?

O velhinho respondeu:

— Parece que sim. Todos são muito atenciosos... Só não deixam a gente peidar!

35
31
4

Endurecendo a Minhoca

O avô observa o neto brincando no quintal e vai perguntar o que ele está fazendo. O neto diz:

— Enfiando as minhocas de volta para a toca delas...

— E como é que você consegue, meu neto, o bicho é todo molenguento?

— É segredo vovô!

— Te dou dez reais para você me ensinar a fazer isso.

— Bem eu passo cola de madeira, estico a minhoca, espero secar até ficar dura... e aí é só colocar no buraco.

— Toma os dez reais...

No dia seguinte o avô chega para o neto, tira 100 reais do bolso e dá pro neto...

— Tá ficando esquecido, vô? O senhor já me deu 10 reais.

— Eu sei. Esses 100 foi a tua avó quem mandou...

17
14
3

Comportamento do Marido

A velha chama os filhos para reclamar do comportamento anormal do marido. A coitada desabafa:

— Ultimamente, ele vem me procurando de manhã, à tarde e à noite! Eu já não aguento mais e queria
que vocês tomassem uma providência, urgentemente.

Prontamente os filhos foram conversar com o pai e ouviram dele a seguinte justificativa:

— Meu procedimento mudou conforme orientação médica! — e mostrou uma receita do médico.

Os filhos leram a receita e disseram:

— Pai, o senhor está interpretando mal! O doutor recomendou que o senhor comesse "AVEIA" de manhã, à tarde e à noite...

7
-8
15

Cabelo na Sopa

Aquele velhinho que todo santo-dia almoçava no mesmo bar, quando chegava na última colherada de sopa, gritava que não ia pagar e mostrava um cabelo que teria encontrado no prato. Um cabelo duro e suspeito. Chateado, o dono do bar resolveu seguir o velhinho, depois da refeição, e viu que ele entrava em um bordel. Esperou a hora exata e, ao abrir a porta do quarto, pegou o velho com a boca na botija de uma linda mulher. Aí, ele gritou:

— Ah, velhote sem-vergonha! E depois dessa ainda não quer pagar a sopa!

E o velhinho:

— E daí? Se eu achar macarrão aqui, também não pago!

30
28
2

Desejos da Velhinha

Estava uma velhinha descansando com seu gato na cadeira de balança quando surge uma fada e diz que ela tem direito a três desejos.

— Puxa vida — diz a velhinha — eu gostaria de ser muito rica.

Puff, a cadeira de balanço se transforma em ouro puro.

— Uau! Agora eu queria me transformar numa jovem bonita como uma princesa.

Puff, ela se transforma numa jovem belíssima como uma princesa.

— E o seu terceiro desejo? — pergunta a fada.

— Dona Fada, eu quero que o meu gato seja transformado num lindo príncipe.

Puff, e diante dela, aparece um jovem varão mais formoso que o mais belo príncipe. A ex-velhinha fica embasbacada olhando para o ex-gato, agora perfeito galã de cinema. Então, com um sorriso de afrouxar os joelhos de qualquer mulher, o rapaz se aproxima e sussurra no ouvido da ex-velhinha:

— Garanto que agora você vai se arrepender de ter mandado me castrar quando eu era gato.

25
21
4

Colher Laranjas

Nem bem o dia amanheceu, a velhinha acordou para ir à feira. Quando passava diante da delegacia, viu uma fila de jovens garotas com as pernas de fora. Curiosa, abordou a última da fila:

— Me explica uma coisa, menina! Pra que essa fila?

A garota, com dezoito anos recém-completados, envergonhada, resolveu mentir:

— É pra pegar autorização para colher laranjas no sítio da prefeitura, trepando nas árvores!

— Oba! Eu adoro laranjas! — e postou-se logo atrás da ruivinha.

Quando chegou a vez da velhota, o delegado indignou-se:

— Mas vovó, a senhora nessa idade ainda trepa?

— Trepar eu não trepo, mas chupar eu chupo!